Avatar de: Andressa

Andressa





Amores Estranhos

Andressa

Eu ja sabia que não chegaria
Já sabia que era uma mentira
Não sei quanto tempo eu perdi
Mais uma promessa sem cumprir

São amores, problemáticos
Como eu e você
Outra vez não me telefonou
Esqueceu de mim é logico
A tortura do que é magico
Um veneno sem antidoto

Amargura.como e venerar
Me iludiu e me deixou

Amores tão estranhos
Que fico sínica, tenho que sorrir entre lagrimas
Quantas páginas e hipotéticas
Para não escrever as autênticas
São amores que nesta idade vem
Se confudem em nossos espíritos
Te interrogam e nunca te deixam ver
Se será amor ou prazer

E quantas noites choro sem querer
Quantas cartas tenho que reler
Aquelas cartas que eu recebia
Quando as esperas eram de alegria

São amores esporádicos
São assim tudo bem

Amores tão estranhos que vem e dizem não
No teu coração sobreviverão só de histórias que sempre contarás
Sem saber se são bem reais

São amores pra valer
Prisioneiro do querer
São amores problematicos
Como eu e você

São amores pra valer
Prisioneiros do querer
Tão estranhos que vivem negando-se
Escondendo a dor e a paixão

Já sabia que não chegaria
Dessa vez vou esquecer você
Eu preciso de um amor sincero
Pra viver

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-