Avatar de: Cacique e Pajé

Cacique e Pajé





Playlists
    1. Pescador e Catireiro
    2. Viola Caipira
    3. Caçando E Pescando
    4. Inquilina de Violeiro
    5. O Doutor e o Lixeiro
    6. Se os Animais Falassem
    7. Laço da Saudade
    8. Casinha Velha
    9. Resto de Comida
    10. O Ladrão e a Bíblia
    11. Chifre do Boi Soberano
    12. Irmãos Caminhoneiros
    13. O Índio e o Doutor
    14. Pescador Caprichoso
    15. Amanhecer na Roça
    16. Bronca de Caboclo
    17. O Milagre do Batismo
    18. O Bom Pescador
    19. Índio Pataxó
    20. Poemas Das Cordas
    21. Canoeiro
    22. Macaco Velho
    23. A Força da Viola
    24. O Boiadeiro e a Viola
    25. Velho Berrante
    26. Os Mandamentos da Vida
    27. Vida de Caboclo
    28. Violeiro Marrudo
    29. A Lenda do Caipora
    30. Deixa o Índio Em Paz
    31. Mulher Misteriosa
    32. Velho Peão
    33. As Flores e os Animais
    34. Cade O Gato
    35. Bom Jesus de Pirapora
    36. Velho Arado
    37. A Frentista
    38. A Menina e a Sucuri
    39. A Vida de Um Passarinho
    40. Dupla Saudade
    41. Nostalgia de Caboclo
    42. Saudade do Berrante
    43. Viola
    44. Mão Fechada
    45. A Mulher Do Cachaceiro
    46. Velho Barrante
    47. O Grã-fino E O Boiadeiro
    48. Amigo Incerto
    49. Boiadeiro do Mar
    50. Carolina
    51. Conselho de Patrão
    52. Futebol do Amor
    53. Laço Reforçado
    54. Meu Lugar É Na Roça
    55. Meu Passado, Minha Vida
    56. Milagre da Fé
    57. Milagre de Santa Cruz
    58. Nascimento e Morte
    59. O Patrão e a Secretária
    60. O Violeiro e o Acadêmico
    61. Peão de Aço
    62. Princesa Encantada
    63. Tributo a Lourival
    64. Do Que o Boiadeiro Gosta
    65. Peão Sabido
    66. Mulher de Cachaceiro
    67. Abrindo Picada
    68. Canoa Do Rio
    69. Índio Seretanejo
    70. Travessia Do Araguaia
    71. Mulher da Minha Vida
    72. Quem da Amor recebe Amor (Raríssima)
    73. Saravá
    74. A Indigente
    75. Amor Em Jogo
    76. Baixinha
    77. Cavalo de Estimação
    78. Direito de Nascer
    79. Encontro Fatal
    80. Estrela Dalva
    81. Índio Também É Gente
    82. Índio Violeiro
    83. Joio No Trigo
    84. Lobisomen
    85. Meu Paraíso
    86. Minha Palhoça
    87. Morada de Matuto
    88. O Chupim
    89. Pezinho de Anjo
    90. Pó da Saudade
    91. Recordação
    92. Retrato da Mãe Amorosa
    93. Serpente Traiçoeira
    94. Sertanejo Feliz
    95. Sombra e Água Fresca
    96. Vaca Malhada
    97. Índia Mulata
    98. Vara De Ferrão
    99. Puro Brasileiro
    100. Morena Bonita
    101. Ninguém Vive Sem Amor
    102. Pensando eu vejo
    103. Se Ela Voltar
    104. Brasileiro Puro
    105. Rancho Quarto de Milha
    106. Bonito Avião
    107. Bonito de Santa Fé
    108. Brasil 500 Anos
    109. Caminhoneiro Abençoado
    110. Capa Dura
    111. Brisa Mensageira
    112. Cara de Zé Mané
    113. Carente de Amor
    114. Cobra Enrolada
    115. Colibri
    116. Conselho de Violeiro
    117. Consulte Sempre Um Caipira
    118. Cuitelinho Mensageiro
    119. Dois Índios Violeiros
    120. Dose de Amor
    121. Escravo Branco
    122. Filho de Índio
    123. Guerreiros Caiapós
    124. Índios do Brasil
    125. Menino Jesus
    126. Meu Jeito de Ser
    127. Minha Mãe e a Loba
    128. Mosca Branca
    129. Mulatinha
    130. O Coreto
    131. O Homem Das Províncias
    132. O Som da Minha Chibata
    133. Patriota
    134. Pescador e Carteiro
    135. Pescador Meia Tigela
    136. Piraquara
    137. Pó de Mico
    138. Pra Quebrar o Jejum
    139. Protesto
    140. Rapaz de Gosto
    141. Risco da Paixão
    142. Saudade Não Tem Cor
    143. Torto Também É Certo
    144. Tua Decisão
    145. Tudo Por Dentro
    146. Violeiro Cobiçado
    147. O Primeiro Patrão
    148. Os Dois Índios Violeiros
    149. Sou Igual Um Passarinho
    150. Despedida
    151. Campo de Batalha
    152. Couro de Boi
    153. Cabritinha De Ouro
    154. Filantelista Caboclo
    155. Guerra De Amor
    156. A Força do Coração
    157. Amigo do Peito
    158. Antes de Casar Sara
    159. Bate Papo
    160. Brasil Pra Frente
    161. Canção Minha
    162. Casa de Infância
    163. Cidade Moderna
    164. Ciumento
    165. Conselho de Pai
    166. Crendice
    167. Crime Melância
    168. Doidão de Amor
    169. Égua Rosia
    170. Filas Que Não Se Acabam
    171. Filhos de Caiapó
    172. Homem de Sorte
    173. Homem do Mistério
    174. Índio Na Cidade
    175. Índio Tupy
    176. Maria Fumaça
    177. Me Abrace Agora
    178. Meu Agradecimento
    179. Minha Paquera
    180. Minha Sitioca
    181. Moda do Tempo
    182. Não Me Fale de Amor
    183. Negrinha Linda
    184. Nós Só Podemos Sonhar
    185. Nós Três
    186. O Grito
    187. O Trapaceiro
    188. O Trouxa e a Fera
    189. Pedaço da Minha Vida
    190. Poeta Competente
    191. Rainha da Flora
    192. Reencontro
    193. Sagrado Momento
    194. São Benedito
    195. Sucesso Na Praça
    196. Última Mancada
    197. Velho Jequitibá
    198. Viola No Samba
    199. Zé Neguinho
    200. Glória À Deus Nas Alturas
    201. Filatelista Caboclo
    202. Evoluindo Sempre
    203. Cai Cai
    204. O Mineiro de Gramangol
    205. O Papo Furou
    206. Rainha da Festa

    Puro Brasileiro

    Cacique e Pajé

    Puro Brasileiro

    Sou filho do verde da mata
    Tenho minha pele bronzeada
    Tenho sangue do índio que abriu
    Neste imenso Brasil as primeiras picadas
    Meu colar é de dente de bicho
    Trago no pescoço pendurado
    Meu penacho arrastando no chão
    E por todo sertão sou guerreiro afamado

    De aroeira eu fiz minha aldeia
    Bem distante da povoação
    O meu lar para mim é a floresta
    A caça e a pesca é minha profissão
    Sou ligeiro no arco e flecha
    Garanto minha vida segura
    No perigo sou forte e valente
    Se fico doente as raízes me cura

    Se na taba repica os tambores
    Pros guerreiros saírem caçar
    Sou o primeiro a correr pela mata
    De noite e de dia sem medo de errar
    O meu corpo não sente cansaço
    Quando em luta as feras enfrento
    Invencível minha força bruta
    Carne, peixe e fruta é meu alimento

    Quando a noite chega eu me deito
    Numa esteira estendida no chão
    Esperando o dia amanhecer
    Faço ao Tupã a minha oração
    Sou da raça dos Caiapós
    Que aqui chegaram primeiro
    Me ergulho deste país
    E me sinto feliz por ser puro brasileiro

    1. Faça seu login e cadastre-se
    Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
    -