Avatar de: Flávio Moreno

Flávio Moreno

http://palcomp3.com/flaviomorenoeshow

A Filha do Caminhoneiro

Flávio Moreno

Composição: Flávio Moreno

Essa história é um fato real, não faz tempo que aconteceu.
Vou falar de um homem honrado, dirigia sempre com cuidado.
E ouvia um modão xonado, na boleia do seu caminhão.
Ao passar em sua cidade, pra rever a sua família.
Estacionou a sua carreta, era uma madrugada fria.
Sorridente de braços aberto, pra sua casa ele ia.
Pra beijar a sua esposa, e a abraçar sua filinha.

No momento que ele chegava, eram férias do colegial.
Tinha orgulho da filha querida, sempre o que ela pedia ele dava.
Dedicado e cheio de amor, ele nunca lhe contrariava...
Ela disse papai eu agora, estou de férias da minha escola.
Notas boas na minha apostila, quinze anos eu vou completar.
Com você eu quero ir viajar, meu presente é esta viajem que eu quero ganhar.

Respondendo ele disse a ela, esta carga é muito perigosa.
De castelo eu vou pra goiás, da bahia vou passar em minas.
E não sabe o cansaço que faz esta longa estrada da vida.
Sua esposa ao lado disse ah ele, meu amor deixe que ela vá.
Só assim ela vai entender conhecer esse chão brasileiro
O sofrimento de um carreteiro, pra ganhar seu honesto dinheiro.

Ela então a rumou sua mala e pulava de tanta alegria
E seguindo na aquela estrada de cansaço a jovem dormia.
Que destino cruel e traiçoeiro, tinha afilha desse carreteiro.
Numa curva muito fechada, a carreta se descontrolou.
E com outro caminhão chocou, um brutal fatal acidente.
Que na quele estante marcou, tirando a vida desta inocente.
O resgate que logo chegaram, fez de tudo para reanima-la.
Pra salvar a vida da jovem, varias equipes de médicos lutaram.
Os esforços não foram o bastante, e na cabine daquele possante.
O destino mudou sua sina, tão cruel derepente tirou a vida daquela menina.

O seu pai com impacto que levou, desmaiou e acordou no hospital.
Não sabendo do acontecida, minha filha me diz onde esta.
Eu preciso vela agora, tenho tanto que lhe abraçar.
Ela deve esta muito assustada
Eu quero enxugar suas lagrima e pedir para não chorar
O doutor foi lhe respondendo, sua filha aqui não pode vim.
Não resistiu os graves ferimentos, jesus levou sua alma.
Pra mora no reino do céu...
Rabisquei suas últimas palavras nesse pedacinho de papel

Papai não se sinta culpado, meu destino já estava marcado.
Minha sina estava na estrada na cabine do seu caminhão
Foi um sonho de adolescente, a viagem foi o meu presente.
Vou guarda no meu coração, um anjo da guarda eu vou ser.
Minhamissão será proteger os motoristas de caminhão
Chega aqui o fim do meu roteiro,
Eu serei um anjo da guarda, protetora dos caminhoneiros.
Eu serei um anjo da guarda, protetora dos carreteiros.

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-