Avatar de: Jair Rodrigues

Jair Rodrigues





Playlists
    1. Deixa Isso Pra Lá
    2. Disparada
    3. A Majestade, o Sabiá
    4. O Filho Do Seu Menino
    5. Orgulho de Um Sambista
    6. A Voz do Morro
    7. Berimbau
    8. Triste Madrugada
    9. Vem Chegando a Madrugada
    10. O Cravo e a Rosa
    11. Tristeza
    12. Madureira Chorou
    13. O Conde
    14. Vaqueiro de Profissão
    15. As Quatro Estações do Ano
    16. Bigorrilho
    17. Luar Do Sertão
    18. Boi da Cara Preta
    19. O Mundo Melhor de Pixinguinha
    20. Barracão de Zinco
    21. Lá Vem Salgueiro
    22. Ponteio
    23. Zigue Zague
    24. Cidade Grande
    25. Asa Branca
    26. Sertaneja
    27. Bahia de Todos os Deuses
    28. Capoeira Camará
    29. Festa Para Um Rei Negro
    30. Bloco da Solidão
    31. A Cor de Deus
    32. Amigo Verdadeiro
    33. Brejeira Saudade
    34. Foi Um Rio Que Passou Em Minha Vida
    35. Viola Enluarada
    36. Chão De Estrelas
    37. Não Deixe o Samba Morrer
    38. Irmãos Coragem
    39. Casa de Bamba
    40. O importante é ser fevereiro
    41. Viva Meu Samba
    42. Louvaçao
    43. Caminhos
    44. Chão
    45. Chega De Saudade
    46. Meu Tamborim
    47. Samba de Maria
    48. Velho Realejo
    49. Samba De Uma Nota Só
    50. Máscara Negra
    51. Alvorada
    52. Aos Pés Da Santa Cruz
    53. Um Filho Meu
    54. O Que Eu Quero É Viver
    55. Carinhoso
    56. Depois do Carnaval
    57. Na Beira do Mangue
    58. Coisinha do Pai
    59. No Meu Pé De Serra
    60. Retalhos de Cetim
    61. Revendo O Passado
    62. A Felicidade
    63. Lágrimas
    64. Mesa De Bar
    65. O Morro Não Tem Vez
    66. Cidadão Nordestino
    67. Eu Sou de Você
    68. Feio Não é Bonito
    69. Boa Noite Amor
    70. Amanhã Vai Ser Bom
    71. Insensatez
    72. Na Baixa do Sapateiro
    73. Pisei Chão
    74. Terra Seca
    75. Leva Meu Samba
    76. É Hoje / Festa Para Um Rei Negro
    77. A Filha do Patrão
    78. Eu Sei Que Vou Te Amar
    79. Visão de Arlequim
    80. Carnaval não Envelhece
    81. Comparação
    82. Coração de Malandro
    83. Marcha da Quarta Feira de Cinzas
    84. Roda de Baiana
    85. Galos, Noites e Quintais
    86. O Barquinho
    87. O Carioca
    88. Se Acaso Você Chegasse
    89. Garota De Ipanema
    90. Boneca
    91. Senhor da Floresta
    92. A Salamanca do Jarau
    93. Fogo Na Venta
    94. Sinhá Maria
    95. Upa Neguinho
    96. Da Cor do Pecado
    97. Maravilhoso É Sambar
    98. Travado da Silva
    99. Operário Brasileiro
    100. Certeza
    101. Estou lhe Devendo um Sorriso
    102. Estrela do Morro
    103. Êta Fuzue
    104. 500 Anos de Folia
    105. A Minha Madrugada
    106. Morena Paulista
    107. Zé e Seu Menino
    108. Couro Comendo
    109. Beija-me
    110. Eu quero um samba
    111. Vingança
    112. Mané Fogueteiro
    113. O Sol Nascerá
    114. Pra São João Decidir
    115. Vagabundo Trabalhador
    116. Meu Guarda-Chuva
    117. Canto Livre
    118. Izaura
    119. Rapaz Da Moda
    120. Aí tá Certo
    121. Arrepia o Homem
    122. As Lavadeiras da Favela
    123. Ele Vem Aí
    124. Lugar de pagode
    125. Eu Sonhei Que Tu Estavas Tão Linda
    126. Recado à Criança
    127. Pegou, Bateu, Valeu
    128. A Brincadeira do Mundo
    129. Santuário do Morro
    130. Zelão
    131. As Minhas Leis
    132. Céu Moreno
    133. O Poeta De Miraí
    134. Rapaziada Do Bráz
    135. Vossa Excelência

    A Majestade, o Sabiá

    Jair Rodrigues

    Composição: Roberta Miranda

    Meus pensamentos
    Tomam formas, eu viajo
    Vou pra onde Deus quiser
    Um vídeo-tape que dentro de mim retrata
    Todo o meu inconsciente
    De maneira natural

    Ah! Tô indo agora pra um lugar todinho meu
    Quero uma rede preguiçosa pra deitar
    Em minha volta sinfonia de pardais
    Cantando para a majestade, o Sabiá
    A majestade, o Sabiá

    Tô indo agora tomar banho de cascata
    Quero adentrar nas matas
    Aonde Oxossi é o Deus
    Aqui eu vejo plantas lindas e selvagens
    Todas me dando passagem perfumando o corpo meu

    Ah! Tô indo agora pra um lugar todinho meu
    Quero uma rede preguiçosa pra deitar
    Em minha volta sinfonia de pardais
    Cantando para a majestade, o Sabiá
    A majestade, o Sabiá

    Está viagem dentro de mim foi tão linda
    Vou voltar à realidade
    Pra este mundo de Deus
    Pois o meu eu, este tão desconhecido
    Jamais serei traído
    Pois este mundo sou eu

    Ah! Tô indo agora pra um lugar todinho meu
    Quero uma rede preguiçosa pra deitar
    Em minha volta sinfonia de pardais
    Cantando para a majestade, o Sabiá
    A majestade, o Sabiá

    1. Faça seu login e cadastre-se
    Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
    -