Avatar de: Julio Cesar

Julio Cesar





Gaivota Solitária

Julio Cesar

A tarde tem sol triste, triste como eu
A brisa sopra fria sem saber
O mar brane forte como o meu coração
Que chora triste sem você
A noite vejo a lua qual um gelo
Desfeita em orvalho a chorar
E o mar parecendo murmurar sua falta
Dá-me vontade de voar
Dá-me vontade de voar uma gaivota solitária
De saudade voando atrás de uma vida
Perdida no adeus de uma gaivota
Que me fez infeliz de verdade quando me disse adeus para sempre
Não merece um adeus que só fala de amor
"Desculpe meu bem se te fiz tão infeliz
Porém queria que você soubesse
Que meu coração nunca mais foi de outro
É pena, é pena que tudo tivesse que terminar assim
Perdoe meu amor"
Dá-me vontade de voar uma gaivota solitária
De saudade voando atrás de uma vida
Perdida no adeus de uma gaivota
Que me fez infeliz de verdade quando me disse adeus para sempre
Não merece um adeus que só fala de amor
Quando uma gaivota solitária
De saudade voando atrás de uma vida...

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-