Avatar de: Legião Urbana

Legião Urbana

http://www.legiaourbana.com.br/

Playlists
    1. Tempo Perdido
    2. Pais e Filhos
    3. Faroeste Caboclo
    4. Quase Sem Querer
    5. Monte Castelo
    6. Vento No Litoral
    7. Eduardo e Mônica
    8. Será
    9. Índios
    10. Que País É Esse
    11. Ainda É Cedo
    12. Há Tempos
    13. O Teatro Dos Vampiros
    14. Perfeição
    15. Geração Coca-Cola
    16. Por Enquanto
    17. Giz
    18. Metal Contra As Nuvens
    19. Hoje A Noite Não Tem Luar
    20. Eu Sei
    21. A Via Láctea
    22. Sereníssima
    23. Mais Uma Vez
    24. Andrea Doria
    25. Meninos e Meninas
    26. Daniel Na Cova Dos Leões
    27. Quando o Sol Bater Na Janela do Teu Quarto
    28. O Mundo Anda Tão Complicado
    29. Angra Dos Reis
    30. Clarisse
    31. Vamos Fazer um Filme
    32. Dezesseis
    33. Só Por Hoje
    34. Vinte e Nove
    35. Música de Trabalho
    36. Sete Cidades
    37. Química
    38. Eu Era Um Lobisomem Juvenil
    39. Antes Das Seis
    40. Se Fiquei Esperando Meu Amor Passar
    41. Fábrica
    42. Os Anjos
    43. Um Dia Perfeito
    44. Maurício
    45. Quando Você Voltar
    46. Mil Pedaços
    47. Esperando Por Mim
    48. Love In The Afternoon
    49. Mais do Mesmo
    50. A Canção Do Senhor Da Guerra
    51. 1965 (Duas Tribos)
    52. Baader-Meinhof Blues
    53. Longe do Meu Lado
    54. Meu Erro
    55. Acrilic On Canvas
    56. 1° de Julho
    57. Soldados
    58. O Descobrimento do Brasil
    59. Teorema
    60. O Reggae
    61. Comédia Romântica
    62. Natália
    63. A Tempestade
    64. O Livro dos Dias
    65. L'Avventura
    66. As Flores do Mal
    67. Os Barcos
    68. Leila
    69. A Montanha Mágica
    70. Depois do Começo
    71. A Cruz e a Espada
    72. Nada Por Mim
    73. Perdidos No Espaço
    74. Fátima
    75. O Que Eu Quero
    76. Uma Outra Estação
    77. A Dança
    78. Tédio (Com Um T Bem Grande Pra Você)
    79. Metrópole
    80. Love Song
    81. Música Urbana 2
    82. A Fonte
    83. Aloha
    84. Strani Amori
    85. Marcianos Invadem a Terra
    86. Soul Parsifal
    87. Dado Viciado
    88. Mariane
    89. Música Ambiente
    90. The Last Time I Saw Richard
    91. A Ordem Dos Templários
    92. 1977
    93. Conexão Amazônica
    94. Do Espírito
    95. L'Âge D'Or
    96. My Girl
    97. Petróleo do Futuro
    98. La Solitudine
    99. Sagrado Coração
    100. La Nuova Gioventú
    101. Quando Nada Mais
    102. On The Way Home / Rise (pout-pourri)
    103. Central do Brasil
    104. Plantas Embaixo do Aquário
    105. Gente Humilde
    106. Boomerang Blues
    107. Juizo Final
    108. La Maison Dieu
    109. Feedback Song For A Dying Friend
    110. If Tomorrow Never Comes
    111. Perfeição / Lithium (pout-pourri)
    112. Ainda É Cedo / Gimme Shelter / Pretty Vacant / Satisfaction / Jumping Jack Flash / Rock Around The Clock / Blue Suede Shoes (pout-pourri)
    113. Dois Elefantes
    114. Alagados
    115. Head On
    116. Canção Retorno Para Um Amigo À Morte
    117. Travessia do Eixão
    118. Gente
    119. Idade Média
    120. Hey, That Is No Way To Say Goodbye
    121. Blues da piedade
    122. Desemprego
    123. Anúncio de Refrigerante
    124. O Beco
    125. O Passeio da Boa Vista
    126. I Get Along Without You Very Well
    127. Que Pais É Este / Cajuína / Pintinho Amarelinho / Aquele Abraço
    128. Schubert Ländler
    129. Não Mais Que Três Semanas
    130. O Grande Inverno da Rússia
    131. Depois Que o Ilê Passar
    132. A Montanha Mágica You've Lost That Lovin' Feelin' Jealous Guy Ticket To Ride (Tradução)
    133. Gimme Shelter
    134. Riding Song
    135. Mariane (Versão Poema)
    136. Rise
    137. Thunder Road
    138. A Montanha Mágica You've Lost That Lovin' Feelin' Jealous Guy Ticket To Ride
    139. Pride Day
    140. Venti Del Cuore
    141. Più o Meno
    142. And So It Goes
    143. Close The Door Lightly When You Go
    144. Cherish
    145. Soldados/ Blues da Piedade/ Faz Parte do Meu Show/ Nascente (pout-pourri)
    146. Soldados/ Help/ Ball And Chain (pout-pourri)
    147. No Fun
    148. Shubert Landier
    149. A Whiter Shade Of Pale
    150. Clothes Of Sand

    Faroeste Caboclo

    Legião Urbana

    Composição: Renato Russo

    Não tinha medo o tal João de Santo Cristo
    Era o que todos diziam quando ele se perdeu
    Deixou pra trás todo o marasmo da fazenda
    Só pra sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu

    Quando criança só pensava em ser bandido
    Ainda mais quando com um tiro de soldado o pai morreu
    Era o terror da cercania onde morava
    E na escola até o professor com ele aprendeu

    Ia pra igreja só pra roubar o dinheiro
    Que as velhinhas colocavam na caixinha do altar
    Sentia mesmo que era mesmo diferente
    Sentia que aquilo ali não era o seu lugar

    Ele queria sair para ver o mar
    E as coisas que ele via na televisão
    Juntou dinheiro para poder viajar
    De escolha própria, escolheu a solidão

    Comia todas as menininhas da cidade
    De tanto brincar de médico, aos doze era professor
    Aos quinze, foi mandado pro reformatório
    Onde aumentou seu ódio diante de tanto terror

    Não entendia como a vida funcionava
    Discriminação por causa da sua classe e sua cor
    Ficou cansado de tentar achar resposta
    E comprou uma passagem, foi direto a Salvador

    E lá chegando foi tomar um cafezinho
    E encontrou um boiadeiro com quem foi falar
    E o boiadeiro tinha uma passagem e ia perder a viagem
    Mas João foi lhe salvar

    Dizia ele: "Estou indo pra Brasília
    Neste país lugar melhor não há
    Tô precisando visitar a minha filha
    Eu fico aqui e você vai no meu lugar"

    E João aceitou sua proposta
    E num ônibus entrou no Planalto Central
    Ele ficou bestificado com a cidade
    Saindo da rodoviária, viu as luzes de Natal

    "Meu Deus, mas que cidade linda,
    No Ano-Novo eu começo a trabalhar"
    Cortar madeira, aprendiz de carpinteiro
    Ganhava cem mil por mês em Taguatinga

    Na sexta-feira ia pra zona da cidade
    Gastar todo o seu dinheiro de rapaz trabalhador
    E conhecia muita gente interessante
    Até um neto bastardo do seu bisavô

    Um peruano que vivia na Bolívia
    E muitas coisas trazia de lá
    Seu nome era Pablo e ele dizia
    Que um negócio ele ia começar

    E Santo Cristo até a morte trabalhava
    Mas o dinheiro não dava pra ele se alimentar
    E ouvia às sete horas o noticiário
    Que sempre dizia que o seu ministro ia ajudar

    Mas ele não queria mais conversa
    E decidiu que, como Pablo, ele ia se virar
    Elaborou mais uma vez seu plano santo
    E sem ser crucificado, a plantação foi começar

    Logo logo os maluco da cidade souberam da novidade
    "Tem bagulho bom ai!"
    E João de Santo Cristo ficou rico
    E acabou com todos os traficantes dali

    Fez amigos, frequentava a Asa Norte
    E ia pra festa de rock, pra se libertar
    Mas de repente
    Sob uma má influência dos boyzinho da cidade
    Começou a roubar

    Já no primeiro roubo ele dançou
    E pro inferno ele foi pela primeira vez
    Violência e estupro do seu corpo
    "Vocês vão ver, eu vou pegar vocês"

    Agora o Santo Cristo era bandido
    Destemido e temido no Distrito Federal
    Não tinha nenhum medo de polícia
    Capitão ou traficante, playboy ou general

    Foi quando conheceu uma menina
    E de todos os seus pecados ele se arrependeu
    Maria Lúcia era uma menina linda
    E o coração dele pra ela o Santo Cristo prometeu

    Ele dizia que queria se casar
    E carpinteiro ele voltou a ser
    "Maria Lúcia pra sempre vou te amar
    E um filho com você eu quero ter"

    O tempo passa e um dia vem na porta
    Um senhor de alta classe com dinheiro na mão
    E ele faz uma proposta indecorosa
    E diz que espera uma resposta, uma resposta do João

    "Não boto bomba em banca de jornal
    Nem em colégio de criança isso eu não faço não
    E não protejo general de dez estrelas
    Que fica atrás da mesa com o cu na mão

    E é melhor senhor sair da minha casa
    Nunca brinques com um Peixes de ascendente Escorpião"
    Mas antes de sair, com ódio no olhar, o velho disse
    "Você perdeu sua vida, meu irmão"

    "Você perdeu a sua vida meu irmão
    Você perdeu a sua vida meu irmão
    Essas palavras vão entrar no coração
    Eu vou sofrer as consequências como um cão"

    Não é que o Santo Cristo estava certo
    Seu futuro era incerto e ele não foi trabalhar
    Se embebedou e no meio da bebedeira
    Descobriu que tinha outro trabalhando em seu lugar

    Falou com Pablo que queria um parceiro
    E também tinha dinheiro e queria se armar
    Pablo trazia o contrabando da Bolívia
    E Santo Cristo revendia em Planaltina

    Mas acontece que um tal de Jeremias
    Traficante de renome, apareceu por lá
    Ficou sabendo dos planos de Santo Cristo
    E decidiu que, com João ele ia acabar

    Mas Pablo trouxe uma Winchester-22
    E Santo Cristo já sabia atirar
    E decidiu usar a arma só depois
    Que Jeremias começasse a brigar

    Jeremias, maconheiro sem-vergonha
    Organizou a Rockonha e fez todo mundo dançar
    Desvirginava mocinhas inocentes
    Se dizia que era crente mas não sabia rezar

    E Santo Cristo há muito não ia pra casa
    E a saudade começou a apertar
    "Eu vou me embora, eu vou ver Maria Lúcia
    Já tá em tempo de a gente se casar"

    Chegando em casa então ele chorou
    E pro inferno ele foi pela segunda vez
    Com Maria Lúcia Jeremias se casou
    E um filho nela ele fez

    Santo Cristo era só ódio por dentro
    E então o Jeremias pra um duelo ele chamou
    "Amanhã às duas horas na Ceilândia
    Em frente ao lote 14, é pra lá que eu vou

    E você pode escolher as suas armas
    Que eu acabo mesmo com você, seu porco traidor
    E mato também Maria Lúcia
    Aquela menina falsa pra quem jurei o meu amor"

    E o Santo Cristo não sabia o que fazer
    Quando viu o repórter da televisão
    Que deu notícia do duelo na TV
    Dizendo a hora e o local e a razão

    No sábado então, às duas horas
    Todo o povo sem demora foi lá só para assistir
    Um homem que atirava pelas costas
    E acertou o Santo Cristo começou a sorrir

    Sentindo o sangue na garganta
    João olhou pras bandeirinhas e pro povo a aplaudir
    E olhou pro sorveteiro e pras câmeras e
    A gente da TV que filmava tudo ali

    E se lembrou de quando era uma criança
    E de tudo o que vivera até ali
    E decidiu entrar de vez naquela dança
    "Se a via-crucis virou circo, estou aqui"

    E nisso o sol cegou seus olhos
    E então Maria Lúcia ele reconheceu
    Ela trazia a Winchester-22
    A arma que seu primo Pablo lhe deu

    "Jeremias, eu sou homem. coisa que você não é
    E não atiro pelas costas não
    Olha pra cá filha da puta, sem vergonha
    Dá uma olhada no meu sangue e vem sentir o teu perdão"

    E Santo Cristo com a Winchester-22
    Deu cinco tiros no bandido traidor
    Maria Lúcia se arrependeu depois
    E morreu junto com João, seu protetor

    E o povo declarava que João de Santo Cristo
    Era santo porque sabia morrer
    E a alta burguesia da cidade
    Não acreditou na história que eles viram na TV

    E João não conseguiu o que queria
    Quando veio pra Brasília, com o diabo ter
    Ele queria era falar pro presidente
    Pra ajudar toda essa gente que só faz

    Sofrer

    1. Faça seu login e cadastre-se
    Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
    -