Eu Não Gosto de Ninguém (Parte 03)

LetoDie

Composição: Letodie

Enquanto o taco de baseball estora a cara do individuo
Sangue pra todo lado: Na boca, nos olhos e ouvidos
Percebo que to parado ainda sentado e na sala ao lado
Imaginando a situacao, eu espancando esse veado

E agora, fodeu, eu só quero se se foda
O problema não é meu, se eu enjoei da porra toda
É até tragico e comico, até chega ser triste
Teu sorriso falso escroto só me traz ancia de vomito

Simpatia é o caralho, nunca tive e nem quero
Falo na lata quando é vaca ou quando respeito, serio
Diz que sou marrento? Perca seu tempo, a vida inteira
Eu to cagando e andando pra opinioes alheias

To tipo lutador louco pra entrar no cage
Com odio ate no talo ganhei na trenrage
Nao aprendi rimar, ja nasci auto didata
Nao aprendi a odiar, ja nasci psicopata

Sou um bad motherfucker, shut up que ainda tem mais
Destruidor de pussys, letigimo badass
A porrada tá comendo, me ne frego com o perigo
Ceis juntam amigos falsos, enquanto eu junto inimigo

E fui criado assim, conversa é só piada
Do lugar aonde eu vim, treta resolve é na porrada
Nao espere nada de mim, nao me tenha como exemplo
Foda-se a sua fé: Eu mijo no teu templo!

Estetica é o caralho, sou um ogro o seu maldito
Eu nunca me importei com ser ou nao bonito
Padrao de beleza pra ser aceito? Nem graça
Aqui eu crio as regras, eu sou um macho alpha

Personalidade forte, nasci pra ser general
Paz é o caralho, faço guerra e meto o pau
Meto o pau.. Ah, open your legs my ladies
Com a testo la na lua tenho harem e viro shake

Sou tipo corcel negro, cavalo indomavel
Granada sem o pino o sangue é inflamavel
Faço o que eu quero, falo o que eu quero minhas regras eu quem dito
Nao me siga, só olhe, o que faço nao é bonito

Eu ja nasci com odio, só que nao sei de quem
Entao desconto em todos, eu não gosto de ninguem
Confissao nao me redime, pregacao nao me converte
Eu prefiro acreditar em soqueira e canivete

Nao sou igual a todos e isso é bem normal
Nao forço simpatia pra dar uma de social
Só o ferro me sacia, dia dia de animal
Se fosse na pre historia seria um neandertal

Comeria carne crua, caçaria com unhas
Extinguria os inimigos sem deixar testemunhas
So que nao, eu to aqui lutando em tempos modernos
Minha batalha eu travo contra e mente e os ferros

Me delisguei do mundo, que se exploda essa bosta
Só me importo com o que eu quero, pra voces virei as costas
Nao confio em ninguem, isso eu deixo pra depois
Minha confiança tá em c19 h28 o2

O meu caminho eu traço a passos largos
Custa o que custar, nao paro, nem olho pros lados
Ei, escute o que eu falei, minha terra nao tem lei
Aqui é um territorio onde os fracos nao tem vez

Chego a algumas conclusoes, tenho algumas reacoes
Eu honro minha palavra e nao quebro meus culhoes
To tipo scarface montando o meu imperio
Tenta me parar que te mando pro cemiterio

Vale da morte? Nao temo e nunca temi
Pois o pior maluco que ja pisou por aqui
Sem senso de piedade, sem medo, sem compaixao
O mundo me criou, transformou em aberracao

Meu coracao de pedra, mais frio que o meu estado
Nao bombeia mais sangue nas veias, tá congelado
Tenho mente do coringa com o shape do hulk
Sou um anti-heroi real, aproveite e me desculpe

Se eu nao gosto de ninguem, por favor, entenda bem
Bem ou mal, que se foda, eu nunca me importei tambem
Eu nao gosto de ninguem e pode me levar a mal
Mal ou bem, que se dane, eu sou anti social

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-