Avatar de: Pedro Ortaça

Pedro Ortaça





Lobisome Esperto

Pedro Ortaça

Esses dias eu tava seco precisando de comprar
Ninguém me vendia fiado ali naquele lugar
Mas eu que não sou atrasado veja o que eu fui inventar.

Deixei pra escolher um dia que o bolicheiro não tava
Ficou só a senhora dele, só ela é que despachava
E eu fui fazer um surtimento das coisas que eu precisava

Cheguei com muito respeito e na venda eu fui entrando
Ela veio e me perguntou que eu estava desejando
E eu fui pedindo os artigo e ela foi me despachando.

Eu mandei somar a conta enquanto tinha importado
Ela disse é trinta cruzeiro eu não uso vende fiado
E eu que não tinha dinheiro já fui de causo pensado.

Peguei a revirar os zóio e a boca eu fui repuxando
Ela veio e me perguntou o que é que está lhe dando
Respondi eu sou lobisomem e até já estou me virando.

Ela se assustou demais e gritou naquela hora
O senhor saia ligeiro que eu vou fechar a casa a gora
Se o senhor quer se virar, vai se virar lá pra fora

Então eu peguei a mala das compras que eu tinha feito
E fui saindo pra fora e não caminhava direito
Enquanto a casa aparecia eu fui daquele jeito.

Depois que encobriu a casa então aí eu me endireitei
E bem alegre e contente pro meu rancho eu alinhei
Mesmo eu não tendo dinheiro o que eu precisava levei

Pra terminar essa historia eu não vou contar bem certo
O bolicho eu não digo onde é, nem se é longe ou era perto
Mas ninguém é mais ativo que o lobisomem esperto.

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-