Avatar de: Pregador Luo (APC 16)

Pregador Luo (APC 16)

http://palcomp3.com/pregador_luo/

Playlists
    1. Árvore de Bons Frutos
    2. Já Posso Suportar
    3. Bate Pesadão
    4. Único Incompáravel
    5. Ao Som dos Tambores
    6. Nada Abalará a Minha Fé (Com Ton Carfi)
    7. Eu Te amo Tanto
    8. Melancolia
    9. Hip Hop de Verdade
    10. Vou Colher Sorrindo
    11. Fogo Cai
    12. Um Por Todos (com Ao Cubo)
    13. O Salário do Pecado e a Morte
    14. Salmo 23 e 91
    15. O Desamor tem Mil Razões
    16. Eu Não Vou Parar
    17. Pros Manos Um Salve Pras Minas Um Beijo
    18. Apaga Mais Não Bate
    19. Bum, Bum, Pá
    20. Eu Desejo
    21. Firme
    22. Aproveite a Festa
    23. Alvo Mais Que A Neve
    24. Meus Inimigos Estão No Poder
    25. Chicote Estrala
    26. Nada É Impossível
    27. Ziqzira É A Zica
    28. Ho Ho Ho To Na Paz do Senhor
    29. Firmeza Na Rocha
    30. D'Alma
    31. Cai Com a Babilônia ou Brilhe Na Luz de Jesus
    32. Bons Tempos
    33. Oh Vem!
    34. Música de Guerra
    35. Alivio
    36. Tema dos Guerreiros
    37. 4 Minutos
    38. Meu Nome
    39. Cidade de Neon
    40. Um Mic e Um Par de Technics
    41. Mo Blef
    42. O Início do Fim
    43. Sonhos Possiveis
    44. A Chave da Vida
    45. Meu Amigo
    46. La Onda
    47. Guerreiro do Futuro
    48. Entra No Clima
    49. É Mentira
    50. Deus Esperava Mais
    51. Dadiva
    52. Compensações
    53. Tá Cruel
    54. Preparar, Apontar, Fogo
    55. Paz Nas Quebradas
    56. Não Perca Sua Vida Na Noite
    57. Inestimável
    58. 2ª Vinda - A Cura
    59. Incline Seus Ouvidos
    60. Evoluoção
    61. Celebração
    62. Caia Por Terra
    63. Poder Pra Revolucionar
    64. 25 Horas
    65. Canção Para O Meu Herói
    66. Milagres Acontecem
    67. Meu Verso Tem Poder
    68. Maus Tempos
    69. Mateus Cap.10
    70. Louve a Deus
    71. Honra
    72. Fiquem Firmes
    73. Contos da Sul
    74. Chegou O Carnaval
    75. O Beijo da Discórdia
    76. Arrependa-se
    77. Sem Chance (INTERLUDIO)
    78. Santo Sangre
    79. Os Qurentes
    80. Nova África Celestial
    81. Eu Não Vou Parar
    82. Achei
    83. A Cidade SP
    84. Mais Uma Chance
    85. frenesi
    86. Façam Barulho
    87. Entre Na Arena
    88. Ele Pode
    89. Cosmo Alexandre Theme
    90. Conheça Jesus
    91. Conclamação ao Combate
    92. Chro e Ranger de Dentes
    93. Canto dos Firmeza
    94. 3 Cruzes
    95. Um Passeio
    96. O Que Você Vai Fazer?
    97. O Amor Vence o Ódio
    98. Wanderlei Silva Theme
    99. A Vida é Como o Clima

    Melancolia

    Pregador Luo (APC 16)

    Eu olho pra frente e sinto saudade
    Do tempo bom da minha mocidade
    No peito arde uma dor que me invade
    Contagia tudo e sobe até a mente
    Se não me cuido até fico doente
    Neurose deprimente
    Ontem, hoje e antigamente
    Conforta saber que não vai para sempre
    Depois do novo dia, vai ser diferente


    Depois do novo dia, tudo vai ser diferente
    Só que o novo dia ainda não raiou
    Enquanto espero a alva, fico na companhia do passado
    Mas sem a companhia dos meus antepassados
    Melancolia não é obra do acaso
    O bam, bam, bam dá risada, enquanto o pobre amarga seu
    fracasso
    tudo misturado às lembranças do passado
    desenhos que antes faziam sorrir, hoje fazem refletir no porvir
    Oh, que doce esperança no porvir
    Eu gozarei do seu rico favor, meu Senhor
    Mas por enquanto um cheiro, um gosto
    Aciona o gatilho do gosto ou do desgosto
    Meu Deus, quantos rostos que eu não vou voltar a ver
    Minha avó, que saudade de você
    Meu avô, um dia a gente se vê
    Então vou poder ouvir as histórias de um homem que foi grande
    Pena não ter nascido antes

    Quem nasce antes morre mais cedo
    Eu olho a morte com carinho e não com medo
    Afinal, ela é a ponte que me ligará a eternidade
    E é ai que tudo começa de verdade
    Enquanto isso, a depressão invade
    Eu to sozinho aqui, com tanta gente na cidade
    Bom Deus, tende piedade, pega meu cálice e o afaste
    Quem falou que nunca é tarde é porque não sabe a falta que faz
    Aos doze, o carinho o afeto dos pais
    Ninguém mais toma esse lugar
    Paternidade adotiva é boa e até chega a consolar
    Mas mãe é mãe, pai é pai, gene não dá para trocar
    Família é presente ou maldição que vai perpetuar
    Na Febem, tem moleque maníaco por um lar
    Ok, até que eu to bem, não precisei passar por lá
    Morreria mais depressa se ficasse trancado
    Mesmo assim tive um duro aprendizado
    Onde estão, cadê meus manos que andavam do meu lado

    Cadê meus manos que andavam do meu lado
    Edgar, Tinho, Ricardo, primos e amigos que foram sem deixar recado
    Como não sentir saudade
    Dos tempos da menor idade, onde tudo era vaidade
    Tudo o que eu queria era que o sol brilhasse até mais tarde
    Papai do céu, que os trocados na carteira de meu pai nunca acabem
    Meu fliperama e meu sorvete
    Meu falcon e meu pegasus vão durar para sempre
    Mas o sempre ta sempre lá na frente
    E a gente sempre cansa na metade
    Quando eu partir irei com a impressão de que já fui tarde
    Vou dar falta do Aquaplay e também do meu Atari
    Do Genius que eu nunca ganhei mas sempre desejei
    Mas para onde eu vou, serei filho do Rei
    O príncipe latino voltará a ser menino
    Se senti, ou se deixei saudades, tanto faz, é tudo passageiro
    Mesmo assim, me leve flores no dia do meu enterro

    1. Faça seu login e cadastre-se
    Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
    -