Avatar de: Racionais Mc's

Racionais Mc's

http://www.racionaisvidaloka.hpg.ig.com.br/

Playlists
    1. Vida Loka (part. 1)
    2. Vida Loka (parte 2)
    3. Jesus Chorou
    4. A Vida É Um Desafio
    5. Negro Drama
    6. Da Ponte Pra Cá
    7. Diário De Um Detento
    8. Eu Sou 157
    9. Fórmula Mágica Da Paz
    10. Estilo Cachorro
    11. Capítulo 4, Versículo 3
    12. Homem Na Estrada
    13. Tô Ouvindo Alguém Me Chamar
    14. O Beck Está Queimando
    15. 1 Por Amor, 2 Por Dinheiro
    16. Artigo 157
    17. Mágico de Oz
    18. Oitavo Anjo
    19. Fim de Semana No Parque
    20. Mente do Vilão
    21. Sou Mais Você
    22. Mil Faces de Um Homem Leal (Marighella)
    23. A Vítima
    24. Expresso da Meia-noite
    25. 1000 trutas 1000 tretas
    26. Amor Distante (Mano Brown Part. Lino Krizz)
    27. Da Ponte Pra Cá
    28. Crime Vai e Vem
    29. Em Qual Mentira Vou Acreditar?
    30. Vida Loka III
    31. Cores e Valores
    32. Depoimento de Um Viciado
    33. Castelo de Madeira
    34. Jesus Negão
    35. Baseado Em Fatos Reais
    36. Carlos Mariguella
    37. Favela Sinistra
    38. Sou Função
    39. Tempos Difíceis
    40. Na Fé Firmão
    41. Vida Loka Também Ama
    42. Bebo Cana - Paródia da Musica Negro Drama
    43. Mulheres Vulgares
    44. Vivão e Vivendo
    45. Inimigo É de Graça (Ice Blue)
    46. Minha Oração
    47. 12 de Outubro
    48. Nova Função
    49. Pânico Na Zona Sul
    50. Na Fé Irmão
    51. Mulher Elétrica
    52. Tá Na Chuva
    53. That's My Way (Ed Rock part. Seu Jorge)
    54. Brinquedo Assasino
    55. A Vida É Assim
    56. Eu Não Pedi Pra Nascer
    57. Hey Boy
    58. Jorge da Capadócia
    59. Racistas Otários
    60. Cocaina
    61. Muita Treta
    62. 500 Anos
    63. Ser Malandro É Viver
    64. Programado Pra Morrer
    65. Dia de Visita
    66. Carro de Malandro
    67. Fio da Navalha
    68. Quem Procura Acha
    69. Mano Na Porta do Bar
    70. Rapaz Comum
    71. De Volta a Cena
    72. Voz Ativa
    73. Ninguém Pediu Sua Opinião
    74. Homem Invisível
    75. Genesis
    76. Ronaldo Fenômeno
    77. Periferia É Periferia
    78. Cada Um, Cada Um
    79. Parte II
    80. Negro Limitado
    81. O Jogo é Hoje
    82. Trutas e quebradas
    83. Júri Racional
    84. Mãos
    85. Abenção Mamãe, Abenção Papai
    86. Socorro Meu Deus
    87. Favela
    88. Beco Sem Saída
    89. Otus 500
    90. Salve
    91. A História
    92. Meninos de Rua
    93. Gangsta Boogie
    94. Favela 100%
    95. Colégio Público
    96. Aquecendo As Naves
    97. O Hip Hop
    98. Madrugada Suspeita
    99. Negro 100%
    100. Vida Violenta
    101. Chove Chuva
    102. Oya
    103. Hoje Eu To Doidona
    104. Umbabarauma
    105. Fone (intro)
    106. Lombra
    107. Boom, Boom, Boom
    108. Ponta de Lança Africano
    109. Vandalos
    110. C1 Aparecida
    111. Dance Dance Dance
    112. Eu Tenho
    113. Rulisso

    Estilo Cachorro

    Racionais Mc's

    Composição: Mano Brown

    Conheço um cara que é da noite, da madrugada
    Que curte várias fitas, várias baladas
    Ele gosta de viver, (e viajar...)
    Sem medo de morrer, sem medo de arriscar
    Não atira no escuro, um cara ligeiro
    Faz um corre aqui ali sempre atrás de dinheiro
    Ah jogar pra perder parceiro, não é comigo ó
    Esse cara é bandido, aham, objetivo
    Um bom malandro, conquistador
    Tem naipe de artista, pique de jogador
    Impressiona no estilo de patife
    Roupa de shop, artigo de grife
    Sempre na estica, cabelo escovinha
    Montado numa novecentas azul novinha
    Anel de ouro combinando com as correntes
    Relógio caro é claro, de marca quente
    Anda só no sossego, sem muita pressa
    Relaxa a mente, se não estressa
    No momento que interessa, ele já tem
    (Uma Kawasaki?) e liberdade meu bem
    O que esse cara tem sangue bom? os invejoso eu escuto
    Moto dinheiro, vagabundo fica puto
    (Ah isso não é justo ó, e os irmão?)
    Uma fatia do bolo? se orienta doidão
    Conhece várias gatas tipos diferentes
    As pretas, as brancas, as frias, as quentes
    Loira tíngida, preta sensual
    Índia do Amazonas até flor oriental
    Tem boa fama, no meio das vadias, daquelas modelo que descansa durante o dia, tá ligado?
    Tem seus critérios, tem sua lei
    Montou naquela garupa já foi que eu sei
    No Motel ou em casa? (Ah vamos na sua!)
    De Caranga no Drive-in no H.O. ou a luz da lua
    Segundas intenções, elementares
    Camisinha tão no bolso e a maldade no olhar (lógico)
    Sabe chegar, sim, sabe sair
    Sabe ser notado e cogitado aonde ir
    Pra conseguir aquilo o que sempre quer
    Utiliza a mesma arma que você, mulher

    Mulher e dinheiro, dinheiro e mulher, quanto mais você tem muito mais você quer, mesmo que isso um dia, traga problema, viver na solidão, não, não vale a pena
    Mulher e dinheiro, dinheiro e mulher, sem os dois eu não vivo qual dos dois você quer, mesmo que isso um dia, traga problema, ir pra cama sozinho, não vira esquema.

    Segunda, a Patricia
    Terça, a Marcela
    Quarta, a Raissa
    Quinta, a Daniela
    Sexta, a Elisângela
    Sabado, a Rosangela
    E domingo? É matinê, 16 o nome é Angela
    Tenho uma agenda com dezenas de telefones
    Uma lista de características, e os nomes
    (Qual é a fonte parceiro?)
    Ah, isso não é segredo
    Colo de moto tá ligado? tenho dinheiro
    As cachorras ficam tudo ouriçada quando eu chego
    Eu ponho pânico, peço Champagne no gelo
    Aquele balde prateado, em cima da mesa
    Dá o clima da noite, uma caixa de surpresa
    Fico ali olhando sentado filmando
    Só maldade pra lá e pra cá, desfilando
    Elas fazem de tudo, pra chamar sua atenção
    Pára, taca na cara, na pretenção
    Cola de calça apertada, boca de sino
    De blusa decotada perfumada e sorrindo
    Me pede um isqueiro e oferece um Cigarro
    - Oi você tem fogo?
    - Oh, mais é claro
    - Qual é o seu nome?
    - Meu nome é Viviane, mas pra você sou Vi, tá aqui meu telefone
    - 5892... esse prefixo é lá da Sul prazer meu nome é Paulo aí, vulgo Ice Blue
    De que lugar que você é?
    - Moro no Vaz de Lima conhece Maracá? Então, ali pra cima
    - Isso até rima coincidência na pista vai montar na minha garupa, e hasta la vista

    Mulher e dinheiro, dinheiro e mulher, quanto mais você tem muito mais você quer, mesmo que isso um dia, traga problema, viver sem ninguém, não tem esquema
    Mulher e dinheiro, dinheiro e mulher, sem os dois eu não vivo qual dos dois você quer, mesmo que isso um dia, traga problema, viver na solidão, não vale a pena

    Au au au...
    Estilo cachorro...
    Au au au au...
    Não é machismo

    Fale o que quiser, o que é é
    Verme ou sangue-bom tanto faz pra mulher
    Não importa de onde vem nem pra que
    Se o que ela quer mesmo é sensação de poder
    Com um ladrão fez rolê se envolveu sei lá saiu
    Mas o homem não abriu curtiu quem viu viu
    Em Maio foi vista de RR a mil
    Na BR no frio, com boyzão da Civil, viu
    Uns e outros aí bom rapaz
    Abre o coração e sofre de mais
    Conversa com os pais ali no sofá da sala
    Ouve e dá razão enquanto ela fala
    E fala, cai no canto da sereia
    Vê que ele é firmão igual um prego na areia
    Prego, jogou o égo, dentro de um buraco
    Um Bon vivant jamais mostra o ponto fraco
    Pergunte a Sansão quem foi Dalila
    Ouça o sangue-bom Martinho da Vila
    De vários amores, de todas as cores
    De vários tamanhos, de vários sabores
    Quanto mais tem, mais vem se tem maravilha
    PMG, Morango e Baunilha
    Não é por nada, sem debate, sem intriga
    Minha cara, é um Chocolate, humm, é o que liga
    Mas cabô cabô. Sem tchau, nem bilhete
    Seu pai se mata por amor ao sorvete
    E ele tava impunga
    Pra levá-la no trampo lá na Barra Funda
    10 graus, cinco da manhã sem problema
    Se ela não morasse em Diadema
    Pontual como o Big Ben, 4 ano assim
    Nem sheakespeare, imaginaria o fim
    Te trocou por um vadio, sem vergonha
    Que guenta até a mãe quando acaba a maconha
    E ela diz que é feliz, que ele é cabuloso
    Cê pisa pra caralho moscão pegajoso
    Mulher finge bem, casar é negócio
    Você vê quem é quem, só depois do divorcio
    Vem, vem neném de amor eu não morro
    Vocês consagraram o estilo cachorro.

    1. Faça seu login e cadastre-se
    Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
    -