Avatar de: Raimundinho do Acordeon

Raimundinho do Acordeon





Um Adeus a Mariana / O Destino Nos Separou

Raimundinho do Acordeon

Composição: Pedro Raymundo /Geraldo Nunes e Cosme Carara

Nasci lá na cidade, me casei na serra
Com a minha Mariana moça lá de fora
Um dia estranhei os carinhos dela
Disse adeus Mariana, que eu já vou embora

Ela não disse nada, mas ficou sismando
Se era desta vez que eu daria o fora
Segurou a açoiteira e veio contra mim
Eu disse larga Mariana que eu não vou embora
Oxente... a mariana é fogo

E ela de zangada foi quebrando tudo
Pegou a minha roupa jogou porta a fora
Agarrei fiz uma trouxa e saí dizendo
Adeus, Mariana que eu já vou embora

Só deus sabe o que vai ser
de mim depois da quele triste adeus
Quando é noite tristeza vem
meu bém recordo os carinhos teus

Quem tem amor distante soluça e chora
passei na quela rua me lembrei agora
E quem está distante sofrendo também
Me lembro aquele dia lá na estação
eu vi você chorando e me asenando a mão
foi triste a despedida e eu chorei também

Eu já fui tão feliz
mais o destino separou nos dois
Quem tem amor distante soluça e chora
passei na quela rua me lembrei agora
E quem está distante sofrendo também
Me lembro aquele dia lá na estação
eu vi você chorando e me asenando a mão
foi triste a despedida e eu chorei também

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-