Ouvir Música

Calmaê

Ataque Beliz

Alguém se apressa quando fecha no sinal.
O tempo para, ela passa e você nem vê.
Uma alegria na maneira informal
Que reativa as melhores sensações

Quanto equilíbrio na certeza improvisada
Parece nada. É simples como respirar.
Quem sobe o vidro? Ou procura a moeda?
Se há medalha deixe a vida entregar.

Sei que chegar não depende de correr.
Porque viver se parece com andar
Quando sem pressa,
(Uôop. Uôu. Uôu)
Você se apega ao que se expressa no lugar
Respira o puro ar da arte que ali vê
E se alivia da vontade de parar

Sinto que cantar
(Uôop. Uôu. Uôu)
É catar tudo e entregar pra que não viu.
Ver a poesia que no tempo se perdeu
Experimente e depois diga o que sentiu
Sei que chegar não depende de correr.
Porque viver se parece com andar

De que adianta ter o mundo e perder a alma?
Cada dia é necessário um pouco mais de sentir
Contrário do que se vê: Correm para possuir
Vão em busca de poder sem poder usufruir

Dessa coisa impalpável, mas tão real.
O amor que se sente pelo seu igual
É camuflado, escondido de forma letal
Sob gênero, raça ou classe social.

O senso de comunidade é mais que urgente.
Mas a gente divide esquece e só sente
Outra pressa!
Essa correria
Tomou conta da mente mais do que a gente queria

Pessoas frias aceleram. Motores quentes
A indiferença mata mais que os gases poluentes
Mas corações e mentes. Em total sintonia.
Trazem esperança que a mudança venha um dia.

"Um passo à frente
E você não está mais no mesmo lugar"
A vida pede calma. Um passo de cada vez.
Equilibrio!
Ninguém está tão atrasado que precise deixar a vida toda para trás
Sei que chegar não depende de correr.
Porque viver se parece com andar.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados