Cristal de Neve

Babalos

Soldados
Não se entreguem aos brutos
Homens que te desprezam, te escravizam
Que regimentam suas vidas

Te dizem o que fazer e o que sentir
Quem te perfura, te alimenta
Te trata como gado, te usam como bucha de canhão

Não se entreguem a esses homens artificiais
Homens de máquina, com mentes e corações de máquinas
Vocês não são máquinas, vocês não são gados, você são homens

Todos nós desejamos ajudar uns aos outros, os seres humanos são assim
Nós não queremos odiar e desprezar um ao outro
Neste mundo há espaço para todos
E a Terra é rica e pode fornecer para todos

Mas nós perdemos o caminho
A ganância envenenou as almas dos homens
Barricou o mundo com ódio
Nos fez marchar para a miséria e derramamento de sangue

Nós desenvolvemos a velocidade
Mas nós ficamos enclausurados dentro dela
A maquinária que dá abundância nos deixou em falta
Nosso conhecimento nos tornou cínicos
Nossa inteligência, duros e cruéis

Nós pensamos muito e sentimos muito pouco
Mais do que máquinas, nós precisamos de humanidade
Mais do que esperteza, nós precisamos de gentileza
Sem essas qualidades, a vida será violenta
E tudo será perdido
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados