A Vaquinha

Banda 100 Parêa

Meu boiadeiro me levando à morte
Dei minha vida para lhe ajudar
Meu leite puro é que matou a fome
Dos seus filhinhos que ajudei criar
E os meus filhinhos você levou embora

Uns para o corte outros pra o estradão
Puxando carro pelo o vão do mundo
Findou sagrado pelo seu ferrão
Um obrigado esperava ouvir agora
Porém só ouço chicotada na partida
Meu coração entristecido está chorando
A ingratidão de quem tanto ajudei na vida

Hoje estou velha pra matar ainda presto
Só minha morte lhe satisfaz
Vivi a vida só lhe dando lucro
Sem o direito de morrer em paz
Quando sua faca atravessar meu peto
E o meu sangue escorrer nas mãos
Por sua pobre ignorância humana

Meu boiadeiro eu lhe darei perdão
Um obrigado esperava ouvir agora
Porém só ouço chicotada na partida
Meu coração entristecido está chorando
A ingratidão de quem tanto ajudei na vida

Após a morte eu serei seus passos
O seu calçado feito com meu couro
Serei o cinto pra enfeitar madame
Serei a bolsa pra guardar seu ouro
Desde do início da humanidade
Quando em belém irá de vir na luz

Pelo o calor da fria manjedoura
Foi eu que um dia aqueci Jesus
Um obrigado esperava ouvir agora
Porém só ouço chicotada na partida
Meu coração entristecido está chorando
A ingratidão de quem tanto ajudei na vida
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados