Ouvir Música

Safado Nunca Muda

Black 21

Black 21 - Safado Nunca Muda [Prod. Black 21]

Safado nunca muda, só pra pedir ajuda
Depois volta ao normal e na sua própria merda afunda
Não dê pérola aos porcos, pois de boatos são foco
Já vi falar mal de amigos, e alguns até foram mortos

Pele de cordeiro num lobo traiçoeiro
Enganou até Cristo, pois Judas era tesoureiro
Em tudo sempre é interesseiro, nem sempre é por dinheiro
Inveja é um mal que domina, contamina por inteiro

Coração de vagabundo é de pedra e na sola do pé
Não ama seus pais, nem sua própria mulher
É mal em tudo que faz, egoísta em tudo que quer
Por dentro ele não tem paz, nem em si mesmo tem fé

A boca fala o que o coração está cheio
O pessimismo não me atinge, eu bloqueio
A persistência acaba com a crise, nisso eu creio
Um mundo sem falsidade é o que eu anseio

REFRÃO:
Esse desespero em que me vejo, vejo, vejo, vejo, vejo, vejo
O homem mata pelo seu desejo, desejo, desejo, desejo, desejo, desejo
Esse é o desespero em que me vejo, vejo, vejo
O homem trai, mas quem subtrai cai, cai, cai, cai
Esse é o desespero em que me vejo, vejo, vejo
O homem trai, mas quem subtrai cai, cai, cai, cai

Com apenas uma mão se conta quantos amigos temos
O resto além dos 5 são falsos, só nós que não sabemos
Nunca confie em quem fala mal de alguém
Assim como falou com você, fala de você também

A grande traição foi de um irmão invejando seu irmão
Caim matou Abel e deu início a tradição
A maldição dos covardes, como Escariotes e Pachanga
Que tem sempre algum mal escondido debaixo da manga

Reinados, Impérios, caíram porque traíram
Covardes que se achavam espertos, correram, fugiram
Os Deuses do Olimpo, olham do alto e se iram
Eu peço que enviem as pragas que os profetas previram

O inferno é pouco sofrimento pra quem trai
Eu vi que pessoas do bem, o oposto sempre atrai
Como o Andrey disse, o Retorno é de Jedi
E a capa que disfarça esse merda, logo, logo cai

REFRÃO:
Esse desespero em que me vejo, vejo, vejo, vejo, vejo, vejo
O homem mata pelo seu desejo, desejo, desejo, desejo, desejo, desejo
Esse é o desespero em que me vejo, vejo, vejo
O homem trai, mas quem subtrai cai, cai, cai, cai
Esse é o desespero em que me vejo, vejo, vejo
O homem trai, mas quem subtrai cai, cai, cai, cai
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não