Adeus Jimmy Reed

Bob Dylan

Vivo numa rua com nome de santo
As mulheres na igreja usam pó e pintura
Onde os judeus e católicos e muçulmanos todos rezam
Posso perceber que estão rezando à uma milha de distância
Adeus, Jimmy Reed, Jimmy Reed de fato
Me dê aquela religião antiga, é tudo que eu preciso

Pois teu é o reino, o poder, a glória
Vá contar pela montanha, vá contar a história verdadeira
A conte nesse tom direto, puritano
Nas horas místicas quando a pessoa está sozinha
Adeus, Jimmy Reed, vá com Deus
Bata na Bíblia, proclame uma crença

Você não irá valer para muitos, todos disseram
Porque não toquei guitarra atrás da minha cabeça
Nunca me satisfiz, nunca agi orgulhoso
Nunca tirei meus sapatos e os joguei na multidão
Adeus, Jimmy Reed, adeus, boa noite
Coloquei uma joia em sua coroa e desliguei as luzes

Eles jogaram tudo em mim, tudo que estava escrito
Eu não tinha nada com que lutar além de um gancho do açougueiro
Eles não tiveram pena, nunca deram uma mão
Não posso cantar uma canção que não entendo
Adeus, Jimmy Reed, adeus, boa sorte
Não posso tocar o disco porque minha agulha ficou presa

Mulher transparente num vestido transparente
Cai bem em você, devo confessar
Abrirei suas uvas, chuparei o suco
Preciso de você igual minha cabeça precisa de um nó
Adeus, Jimmy Reed, adeus e até mais
Achei que pudesse resistir a ela mas estava muito errado

Deus esteja com você, querido irmão
Se não se incomoda com a pergunta, o que traz você aqui?
Ah, não muito, estou só procurando pelo homem
Preciso ver onde ele se encontra nessa terra perdida
Adeus, Jimmy Reed, e a tudo dentro de você
Não conseguiu me ouvir chamando lá pela Virginia?
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados