Castelos de Areia

Brenner Bianco

Vapores do veneno
Pairam sob o ar
Rajadas de festim
Inútil até mirar

Sedados sentinelas
Vigiam teu sono
Os raios de sol que o dia traz
Nem para te acordar servem mais

Ensandecido cenário
Para fugir da dor você criou
Vendendo a alma ao diabo
E o corpo tão sozinho definhou

Fantoches são guerreiros
Soldados de chumbo
Planejam seu ataque
Num tabuleiro de ludo

De sonhos somos feitos
Então onde vou morar
Se castelos de areia
Vão desmoronar...grão por grão

Ensandecido cenário
Para fugir da dor você criou
Vendendo a alma ao diabo
E o corpo tão sozinho definhou

Cidades quase inteiras
Desaparecendo em plena luz
Do dia claro ao caos
Que essa estranha força te conduz
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados