Não Quero Apaixonar-me

Daniel Zueras

Já não quero apaixonar-me, ahh
Já não quero apaixonar-me, ouww

Sei, muito bem
Que apostei o coração
E foi o preço que paguei
Já vês, por embelezar-me com os duendes
De tua pele de seda
Enquanto danças com a lua cheia
E brincas ao me ver com tua loucura
Antes de dizer-me adeus

Já não quero apaixonar-me
Só estar dentro de ti
Sentir a vertigem que um anjo
Sente com o coração a mil
Hoje não quero apaixonar-me
Só estar junto a ti
Como o vento e como o ar
Dando o melhor de ti e de mim

Talvez, sonhei
Que éramos duas almas perdidas sem Éden, nem fé
E nos surpreendeu o destino naquele amanhecer
Sem trégua, parando o tempo em teu robolado
E agora sigo aqui, de volta
Preso em tua sedução

Já não quero apaixonar-me
Só estar dentro de ti
Sentir a vertigem que um anjo
Sente com o coração a mil
Hoje não quero apaixonar-me
Só estar junto a ti
Como o vento e como o ar
Dando o melhor de ti e de mim

Será a luz
Que me deslumbra e logo se vai
Será a pegada
Que fica em minha alma
Só o rastro de um "te quero" a meia voz
Só a lembrança da mais doce paixão

Só quero te despir
Sob esta lua de abril
Nosso lado mais selvagem
Desata-se do começo ao fim

Eu não
Já não quero apaixonar-me
Só estar dentro de ti
Sentir a vertigem que um anjo
Sente com o coração a mil
Hoje não quero apaixonar-me
Só estar junto a ti
Como o vento e como o ar
Dando o melhor de ti e de mim
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados