Ouvir Música

Meu Endereço

Delley e Dorivan

Já diz o velho ditado quem canta os males espanta
Sinto estremecer o chão quando eu abro a garganta
Tristeza não paga divida tentaram mais não adianta
Falo direto com deus sem perder a fé na santa
No ponteio da viola ate defunto levanta


O amor nasce nos olhos a taca no coração
Pela mulher que eu amo eu arrasto um caminhão
Tem gente que sofre mais arrasta a bunda no chão
Mulher mal amada sofre mais não perde a posição
Se eu perder não me importa bebo ate cair de costas
Dentro da minha razão

Não honra a calça que veste não vale o feijão que come
O pai que gasta o dinheiro e deixa o filho passar fome
Viajo com deus na guia quando eu chamo seu nome
Invejoso sai correndo se tem tristeza já some
Filho da virgem maria fazer o mundo em sete dias
Nunca mais nasce outro homem

Vou deixar meu endereço pra quem quer me ver na lama
Minha casa e a fumaça que no ar ela esparrama
Meu rastro e um risco n`agua deixado pela chalana
Onde eu chego tem pagode vou embora fica a fama
Meu telhado e o chapéu moro debaixo do seu
Meu mundo e minha cama
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados