Ouvir Música

Assassinato

Finntroll

Quando a terra arde
Meu antigo giz é feito de cinzas

Vento infernal, ouça meu nome
Sangue sujo, abaixe a cabeça por onde eu andar

De cada congelante, odiosa,
Maligna e mortal noite
De cada primavera quando nada cresceu
Quando a semente nunca se ergueu

Vento infernal, ouça meu nome
Sangue sujo, abaixe a cabeça por onde eu andar

Com cada sacrifício de sangue
Dormindo nas cordas de cada forca
A faísca iluminada no olhar de um assassino
E a traição daqueles que venderam o sangue dos outros

Vento de nifelheim, ouça meu nome
Sangue sujo, meu desejo tornou-se o seu

De cada congelante, odiosa,
Maligna e mortal noite
De cada primavera quando nada crescia
Quando a semente nunca cresceu

Vento infernal, ouça meu nome
Sangue sujo, abaixe a cabeça por onde eu andar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados