O Milagre da Manhã

Geovanni Andrade

Ao acordar já não chorava mais
Em seu olhar se anunciava a paz
Seus pés descalços, areia branca, na voz a oração
Roupa leve, andar sem rumo, rumo à imensidão/

De um novo tempo de perdão que do amor nasceu
Naquela primavera de paixão que nos envolveu/

E contemplava a luz da manhã, no céu da manhã/
E viu que os mares se encontravam, as pessoas se abraçavam
Num movimento de cores naturais
Tudo era luz, raios de luz de esperança e de união no céu da manhã/

De um novo tempo de perdão que do amor nasceu
Naquela primavera de paixão que nos envolveu
E não teve fim/
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados