Cadeira na Calçada

Geovanni Andrade

Lembro quando era pequeno
Tudo era simples
Tudo era fácil
Tudo era brinquedo

Lembro quando era pequeno
Nada era chato
Nada era difícil
Nada era segredo

Ah! como eu lembro do som dos aviões quebrando o silêncio
As mãos de minha avó arrumando meus botões
Era feliz

Ah! como eu lembro, corria só pra ver os aviões passando
Pousando corações
Trazendo emoções

Pra ser feliz, bastava ver o vôo dos aviões

Hoje quando vou pra rua
Tudo é apressado
Tudo é complicado
Tudo é "pra ontem"

Hoje quando vou pra rua
Nada é sagrado
Nada é de fato
Feito para sempre

Ando à procura daquela mesma rua
Que um dia foi o palco da minha breve infância
Ao ver os aviões era feliz!

Ando à procura de uma calçada nua
P'ra n'uma dessas noites poder olhar pro céu
Sem pressa de viver

E recordar meus aviões
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados