Cuspindo Verdades

Guilhotina

Eu to tipo Maskara
"Alguém me segure"
Que hoje eu to pra perder umas amizades
Lembre-se que nem tudo sara
Só espero que se cuide
Porque hoje eu vou cuspir umas verdades
E esse povo acha
Que estão atirando palavras
Quando falam mal da gente
Mas o tiro sai pela culatra
Ainda não descobriram qual lado que descarrega o pente
E quando descobrirem
Vão usar de forma errada... Policia
Abuso de autoridade, mais um jovem que morre
Ninguém sabe o por que, vamos depender da Pericia
E quem gerencia toda essa hipocrisia
Que na verdade parecia apenas uma dose de amor
Mas os demônios me acaricia e até torcia
Pra que eu transformasse isso em ódio e rancor
E seguimos na insanidade
De acabar com os fardados dos porco
Mas já que eles não passarão, outros seriam passarinho
Nós somos diferentes, somos o corvo
O pássaro negro, honrando as mulheres,
Os homens e o passado negro
Hoje o jogo virou, a história é outra
É o espantalho que tem medo
De vermelho e preto

Talvez um Exu ou um integrante da Akatsuki
É com nosso Sharingan que vemos tudo
Pausamos o tempo e prevemos o futuro igual Itachi
Capitão de areia igual Chinaski
Catastrófico igual bomba de Nagasaki
Rápido como um vulto, é assim que eu luto
Preparem-se pro massacre
To mais afiado que a foice da Morte
Mas não tanto quanto a faca do Bril
Fica pagando de crime, elas te chupam né?
Eu acho bom você ter esse fuzil
Procuro conhecer a garota dos meus sonhos
Mas antes eu tenho que conhecer meu eu interno
Procuro trabalhar de Mc
Mas antes eu tive que trabalhar de terno
Procuro a paz
Mas eu tenho que descansar no cemitério
Procuro ir pro céu
Mas antes eu tenho que viver nesse inferno
E eu externo
Tudo que eu penso
Ponho em linhas a minha vida e a dos outros
E te mostro que o mundão é tenso
Só entende as minhas rimas
Quem tem o bom senso
A Guilhotina suja de sangue
dos mais escuros e dos mais densos
Vai vendo
Bandido eu não sou, meu maior crime foi não seguir a minha fé
Enquanto o outro pensa que é ladrão
Seu maior crime é dar tiro no próprio pé
To abraçado com uma garrafa de whisky
Eu lembro que de manhã era um bule de café
Que porra é essa? Eu sou de Jundiaí
Por que que eu to jogado no meio da Praça da Sé
O vermelho predomina

É o semáforo, o farol e o giroflex
O sangue escorrendo pelo chão
Mais um baleado que perdeu o Rolex
Ouvindo o som do Sant
Talvez seja meu maior Dorflex
Mina nunca ter te conhecido
Talvez fosse meu maior Jontex
Quer me cobrar do que? Quais são seus motivos?
Então muito cuidado com suas escolhas
O que tu planta hoje é o que colherá amanhã
Mas já é tarde, então cuidado com o que tu colhas
Perdem a paciência
Mais rápido do que se estoura as bolhas
Eu me mantenho firme, sou o ultimo a cair
Em uma árvore eu sou o tronco e vocês as folhas
Eles querem mudar os outros
Mas estão sempre moscando
Eu destruo meu eu que é influenciado por eles
E eles? Sempre acabam mudando
Precisamos mudar nós mesmo
É a única certeza que eu tenho nesse mundo
Não é só mais um esmo
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados