Meu Nome (part. Swervy e JEMINN)

Hwang Sang Jun

Oh, oh, meu passado parece tão turvo
Ninguém, ninguém é visto
Oh, oh, minha silhueta está clara agora
Por que estou apenas correndo atrás de você

Oh-oh-oh, oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh-oh

Oh, oh, meu passado parece tão turvo
Ninguém, ninguém é visto
Oh, oh, minha silhueta está clara agora
Por que estou apenas correndo atrás de você

Oh-oh-oh, oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh-oh

Nessa cidade, eu lamento
Enterrada na minha memória perdida, na lama
Não consigo reconhecer
Porque agora minhas lágrimas esconderam

Todo o meu tempo e minha luz
O amor é uma crença relativa
Te imploro, me mostre o caminho
Choros são apagados na chuva, então me deixe ir
Para que eu possa me esconder agora

Esconda a dor atrás de você
Respire apenas diante da saudade e da vingança
Esconda o seu nome
Se você for esquecido no final, vou te colocar nas minhas mãos, com certeza
Este sofrimento é prova que memórias sorridentes também existiram
Memórias exaustivas que aumentam após dormir
Quando deito e caio no sono, imagino o tempo com você

Oh-oh-oh, oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh-oh-oh

Soam os disparos, você não pode fugir
Escuto gritos, muitos desentendimentos se acumulam
Mesmo que o mundo esteja enterrado naquela esperança escondida
Vou te segurar nas minhas mãos

Eu quero a sua feição contorcida
Me pergunto se você se lembra, porque eu lembro de cada detalhe seu
Me pergunto do que se livrou, e eu joguei tudo fora e só deixei um alvo
Soam os disparos, você não pode fugir

Oh, oh, meu passado parece tão turvo
Ninguém, ninguém é visto
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados