Ouvir Música

Pagode / Tô Indo Embora / Tô Por Aí

Kleo Dibah e Rafael

"Quebra tudo kléozinho!"

"Aoo morena da sobrancelha de veludo
O seu pai não tem dinheiro, mas sua beleza compra tudo.
Eu lhe digo uma coisa mulher, eu só não caso com você
Com medo de ficar chifrudo treem"

Morena bonita dos dente aberto
Vai no pagode o barulho é certo
Não me namore tão descoberto
Que eu sou casado mais não sou certo

Modelos de agora é muito esquisito
Essas mocinhas mostrando os cambito
Das canelas lisa que nem parmito
As moças de hoje eu não facilito

Eu com a minha muié fizemos combinação
Eu vou no pagode ela não vai não
No sábado passado eu fui ela ficou
No Sábado que vem ela fica e eu vou

"Em homenagem a todos os sertanejos do Brasil
Chora viola..."

O que eu não tenho em casa
Há eu encontro em outros braços
Até pareço um menino
Quando a outra me dá um abraço

Quem não tem amor em casa
Vai se ajeitar na rua
Se você não tem pra dar
Sei que a culpa não é sua

Mas por favor me entenda
Não estou te traindo
Eu só quero um carinho
E você não tem pra dar
Fui buscar o que eu não tinha
Em outros braços
To indo embora, um abraço
Tem alguém a me esperar

Tô por aí, por toda a cidade
Curtindo saudade, tô por aí
No último volume o som do carro
Um gole de cerveja um cigarro, tô por aí
Pra onde ir, pra quem sorrir
Em cada esquina aumenta a minha solidão
Meu desejo procurando outra emoção
Tô por aí, vou por aí

Eu morro de amor por ela, e ela nem aí
Saudade rasgando o peito, pra onde ir
Eu morro de amor por ela, e ela nem aí, ela nem aí
Noite fria madrugada, to por aí
Vou por aí, pra onde ir
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados