Ouvir Música

Canto do Poeta

Os Irmãos Serranos

Sou o minuano que sopra
Sobre as pétalas brancas
Sou o toque que levanta
Sobre a poeira da estrada
Eu sou o rangido das rodas
Do carro de boi rondando
Eu sou um galo contando
Anunciando a madrugada

Sou o perfume das rosas
A mais bonita da cor
Sou próprio beija flor
Que voa para beijar
Eu sou o canto do poeta
Que nasceu pra fazer um verso
Eu sou filho do universo
Que vive para cantar

Sou a vida e o amor
Que vive em sã consciência
Sou o grito de liberdade
Que não nega as aparências
Eu sou o leito dos rios
Que as águas vem acariciar
Eu sou o murmuro e o canto
Na viagem das águas pro mar.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados