No Compasso do Passo

Paulino Neves

Só posso ficar até o amanhecer (bis)
Não adianta xingar, não adianta chorar eu falei pra você (bis)

Vejo pintar novamente
A luz do repente (eu não posso perder)
A mente é solo fecundo
Não perco um segundo desse meu viver
Pega o cavaco, começa...
É um pedido, se apressa (eu vou dizer porquê)
É que hoje eu tenho pressa,
Só posso ficar até o amanhecer


Saio de casa bem cedo
Meu cavaquinho carrego na mão
No compasso do passo, na boa,
Já faço um novo refrão
Trago no rosto um sorriso,
Samba de improviso pinta de montão...
Na roda encontro os bambas
Termino o meu samba na palma da mão!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados