Ouvir Música

Toada Pro Povo

Paulo Matricó

É que me deu uma vontade de cantar
uma toada improvisada
pro povo do meu lugar

falando do valor
de um povo sofredor
que é tão trabalhador
e tem coragem pra lutar
cultiva sua terra
na beirada da serra
sua virtude intera
com a semente que plantar

de manhãzinha quando o santo galo canta
no mocambo se levanta,
tira o lombo do jirau
vai pro roçado, só volta de tardezinha
come fava com farinha
temperada n'água e sal

é que me deu uma vontade de cantar
uma toada improvisada
pro povo do meu lugar

lembrando do vaqueiro
que aboia o dia inteiro
fiel ao fazendeiro
só vive pra trabalhar
tempo de apartação
laça o boi no mourão
e só tira o gibão na hora de se deitar

a sertaneja é prenda da natureza
tem a graça da beleza
e a braveza do lugar
vai à cacimba com um pote na cabeça
e volta antse que anoiteça
com água pra se banhar

é que me deu uma vontade de cantar
uma toada improvida
pro povo do meu lugar

falar deste Nordeste
sertão cabra da peste
se o poder investe
tudo pode melhorar
chegou televisão
ainda falta feijão
e a situação tá assim vou lhe contar

está mudado apagou-se o cadeieiro
a luz solar tá no terreiro
mas a fome tá por lá
nosso caboco
ainda sabe dançar coco
mas vivendo no sufoco
a coisa pode acabar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados