Ouvir Música

A Um Alien Alienado De Pele e Osso

Pernamuamba

A um Alien alienado de pele e osso

Sou de pele sou de aço sou cristalino
Rezo e peço a Quitéria que zele meu destino
Sou irmão sou de ouro sou menino
Viajo sozinho no terreiro

Sou de abril de março fevereiro
De Capiba carnaval o ano inteiro
Sou de pele de osso de janeiro
Nordestino é Jackson do pandeiro

Sou Nana sou João Gilberto
Sou capeta no meio dos inferno
Sou Jesus de braços abertos
Eu sou de pele e osso
Eu sou honesto

Ergo as pernas para enxergar mais alto
As estrelas escondidas no espaço
Mas a terra também tem seu fracasso
De habitantes e tristes desordeiros

Que onde passa deixa o seu rastro de pólvora
Erguendo sua bandeira de bosta
A querer forçar o mundo inteiro
esquecer de ser gente e ser hipócrita

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados