Ouvir Música

Vivendo Abandonado

Rionegro e Solimões

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.

Eu tô vivendo abandonado e sem carinho,
Tudo o que eu quero é você no meu caminho
Sem seu calor, a vida não tá com nada.
O seu olhar é a luz da minha estrada

Sem seu calor, a vida não tá com nada.
O seu olhar é a luz da minha estrada

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.

O seu carinho me embriaga e eu fico louco
Quanto mais feio, mais eu quero e acho pouco.
Sem seu calor, a vida não tá com nada.
O seu olhar é a luz da minha estrada

Sem seu calor, a vida não ta com nada.
O seu olhar é a luz da minha estrada

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.

Quando um grande amor se vai embora
A gente chora de saudade
Dá um nó no peito, sentimento,
Não tem jeito, que vontade.
Oh, saudade!
Que vontade!
Oh, saudade!
Que vontade!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados