Ouvir Música

O Monge da Moçada

Sérgio Reis

este é o monge da moçada!
Pianista- sérgio reis

Vejo a luz do monge da moçada
Que o sol aparece pela estrada
Fora da reunião
Deste antigo alfredo
Que já cobra nada

Esse alfredo muito irritante
Só tem cabelos que se espalha
Já e tanto se devora
Coração que sofre
Com as "rapaziada"

E os vigilantes
Põem ele pra fumaça
E eu vendo tv
Só de madrugada

Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada

E esse coração que tanto sofre
Não tem tempo de cobrar nada
Jura que tem namorada
Que é feia
Mas não olha... pra nada

Muitas vezes pego um alfinete
E arranco o cabresto desta cabra
De uma mula-sem-cabeça
E o alfredo
Como sempre cobra nada

Mas este cabresto
Só tem perigo de parada
Que o alfinete faz e quebra
E que um dia está na balada

Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada

Desde já eu ponho um fim de tudo
Neste alfredo que já cobra nada
Como sempre eternamente
Lá vai um bandido
Pela grande estrada

Ele desmaiou e já morreu
Com uma flecha na madrugada
No peito que ficou doendo
E a cachaça
É uma jornada macabra

Mas este alfredo
Não cobra mesmo nada
Todo dia, toda hora
Nesta parada de uma cabra

Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada

Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Vou trabalhar com as garotas
Que estão na grande madrugada
Vou pra casa do alfredo
Porque eu sempre estou com medo
De olhar para a moçada
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

Playlists Relacionadas

Ver mais playlists →

O melhor de 3 artistas combinados