Consciência Cósmica

Somba

Se já não posso seguir
Segredos rasos do mundo chegaram em minha frente
E as marcas do pensamento emparedaram-me por dentro,
No centro, de dentro do meu caminho na grande roça
Que agora é o meu algoz
Dentro mora em mim

Não sei dos segredos de calar os sinos
Onde há limbo o riso reza e chora
E quem se queixar por prazer nas graças dos seus círculos
Vai queimar-se na chama dos seus tormentos sagrados

Danço e do improvável nasce o meu ardor
A lança foi quebrada e finda o sofrimento
E poderia seguir
Se não houvesse o aviso
Das trombetas que tocavam os hinos do meu trauma
Nos agrestes que eivaram os uivos do meu pranto
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados