Ouvir Música

A Cruz de Ferro

Souza e Monteiro

(Declamado)

Vou contar a triste história
Da cruz de ferro da serra
Pois até hoje ainda existe
Gotas de sangue na terra.

(Cantado)

Num ranchinho esburacado La no meio do roçado três pessoa era feliz
Hoje uma cruz é plantada
Bem beirada da estrada entre Ubatuba s São Luis
Em Cunha é que eles morava
Toda tarde ali passava o Brasílio traidor
Tanto lidou que até
Do rancho a santa mulher seu coração entregou.

Juca Mineiro o marido
Voltou pro rancho querido de onde cedinho saiu
E o seu filhinho Gorinho
Chorando encontrou sozinho a Mariazinha fugiu
Um dia na Aparecida
Bem no tope da subida Juca viu os dois passá
Desocupou seu caminho
E agarrando seu filhinho nem a santa foi beijar.

Foram simbora pra serra
Só aonde a pintada berra quando um tiro se ouviu
Brasílio chegou primeiro
E atirou Juca Mineiro que agonizante caiu
Ja quase morto na estrada
Com palavra entrecortada contou tudo o que se deu
Depois disse filho amado
Com o sangue do desgraçado vingue seu pai e morreu
Depois disse filho amado
Com o sangue do desgraçado vingue seu pai e morreu

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados