Meu vício

Tetel

E os raios do sol, tocam o seu corpo moreno
É no seu caminhar que eu vejo tudo acontecendo
Inspiração, e sem apelo mostra no talento
Que é lindo ver os seus cabelos dançando com o vento
Sabe? até ouço a melodia de fundo
Dama, ganhou a atenção do vagabundo
Sedutora como a lua em suas várias fases
Que admiro tomando aquele vinho mais suave
E você vem, com jeito envolvente me abraça
Eu briso, vendo seu lábio tocando a taça
Laça o meu pescoço no gesto mais da hora
Sussura em meu ouvido aquele som da flora ( pretin )
E eu quero provocar o seu sorriso
Que é pra argumentar na perda do meu juízo
Improviso, entre uma taça e outra de vinho
Valorizo, quando você faz esse biquinho
Ai é vida, pra mim é o melhor dos convites
Então eu compareço e assim ficamos quites
Me permite? dizer que a noite foi essencial
Que a fantasia do amor te fez meu carnaval
E se ele é poesia você é meu acervo
As vezes é frenético então se torna meu fervo
E eu fervo nos teus olhos vendo meu reflexo
Ocasião especial pra provar do sexo
Dessa menina, que é um exagero de mulher
Me da o seu olhar que eu dou o que você quer
Éh! como diz naquele reggae inesquecível
Te ver e não te querer é improvável é impossível
Compreende? e eu sei que não pode ser o contrário
Que eu to presente em cada folha do seu diário
Com uma rima escrita num cantim do papel
E lá no fim, juras de amor ao tetel
Cruel, que te faz perder noites de sono
Por saber que eu sou um eterno cão sem dono
Mas não te abandono, eu volto pra revê-la
Sei o quanto vale só de pensar em perdê-la
No amor eu sou um aventureiro no ramo
Mas sem maldade você é o pico que eu mais amo
Por vê-la sorrindo que é a razão da minha calma
Vou invadir sua mente, entrar na sua alma
Te arrepiar todinha, gatinha sinta!
Fazer os olin brilha mais que o ronaldo no corinthians
Menina, hoje eu sou louco de vez
Um pouco que eu já era e um pouco que cê me fez
Na rapidez bate o coração vagabundo
E eu só traduzo, ele é quem vai dizendo tudo
Com a cara de cachorro que eu sei que é infalível
E o modo de dizer que hoje cê tá incrível
Num foi amor a primeira vista eu confesso
Mas cê tava lá na hora e no lugar certo
No peito, o sentimento memo bateu forte
Móh tesão, coladinhos só dançando um xote
Sem corte, o sol vai escondendo seus segredos
Se a noite é uma criança, seremos seus brinquedos
Vem que vem, me deixa louco assim que eu incendeio
Você cheia de curvas e eu sem nenhum freio
No seu estilo assim meio rap ragga
Cê vai passando enquanto o tetel te flagra
Numa piscada mostra que já entendeu a letra
Travessa, vem e coloca minha bombeta de lado
E fica pra mim fazendo pose
Com um sorriso assim de colgate total 12
Me abraça, me beija, devolve minha breja
E diz que essa noite eu sou tudo que cê deseja
Manda uma mensagem no meu radim
Diz que não vê a hora de voltar pra mim
Esquece o tetel me chama de neguim
Promete que essa noite num vai ter fim
Incerto? assim não não meio propício
Agora eu descolei que você é o meu vício
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados