Avatar de: Luiz Caldas

Luiz Caldas





Tilintar

Luiz Caldas

Composição: Luiz Caldas

Reluzir é o ato que ata e aperta o nó
Reduzir é estar tão meigo como um tilintar
De sino que soa leve como a respiração
Ou talvez ser o broto flor que falta no seu coração
Quero viver prá brilhar
Flor infinita da imaginação
Castelo de areia se acaba a ilusão
Vou lutar sem armas
Porque geralmente eu ando só
Se perder, valeu
Pois a intenção foi de lutar
Transformar labirintos necessários prá afundar
Em papel verde como a mata pura e bruta cor.

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-