Avatar de: Os Mateadores

Os Mateadores





Pedaços de tempo

Os Mateadores

Me olhou sem dizer nada foi chegando despacito
Tinha um sorriso bonito numa forma de quimera
A mais linda das imagens dentre um quadro de beleza
Que pintou a natureza num dia de primavera

Lembrava campos floridos umedecidos de sereno
Leves brisas e acenos nos seus cabelos trazia
Cores de aurora lazona emoldurando as manhãs
Como alma guardiã do brilho de cada dia

(Fez dos meus olhos crianças num mundo de fantasia
E um rancho pra moradia da minha imaginação
Talvez pedaços de tempo guardados dentro da gente
Onde os olhos certamente são portas do coração, são portas do coração)

Ficou lá dentro de mim juntado pelos olhares
Aqueles mesmos lugares guardados com sentimento
Refeitos nesta visão coisas antigas da vida
Que estavam quase perdidas nos cantos do pensamento

Trouxe de volta este canto para quem já te cantou
E a poesia que ficou foi colorindo a ilusão
Quando a mente está aberta para os velhos momentos
Estes pedaços de tempo se abrigam numa canção
São portas do coração

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-