Mágoas de Agosto

A Cor do Reggae

Gosto das ondas
Que banham meu corpo minha alma e o suor
Que desce em meu rosto
São mágoas de agosto se eu me sinto só

Ouço das ondas
Sons que sempre acabam na beira do mar
Do mar que eu consigo
O fruto, meu sustento quando é tempo da pesca de manzuá

E a vela balança no mar
Quando a flor do dia se abriu
E com meu amor navegar
Pelas águas dos mares do Brasil (bis)

Se chego à tardinha
Com o corpo cansado, castigado pelo Sol
É quando você já vem
Com seu sorriso e o lampejo do farol

E nos braços do meu amor
na rede eu vou descansar
E esqueço as garras da dor
Sob a luz e a magia do luar... (bis)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados