Amarelo Chá

Alarde

Eu já andei pelos quatro cantos desse quarto
Já tomei meio litro desse chá
É tão suave o efeito que ele faz
Já nem sei se quero mais voltar

O canto incessante das cigarras
Mosquitos que caminham sobre minha
Imagem refletida, deformada
Escancaram as mentiras que eu sempre acreditei

Ontem parecia que a bruxa estava a solta
Mas veio o ventania e levou os fantasmas daqui
Caiu a tempestade, lavou a alma
E amanheceu

A natureza é capaz de proporcionar tudo
Só é sozinho quem quer
E não machuque quem só lhe quer bem
E lembre-se sempre que quando você nasceu tudo já estava pronto
E lembre-se sempre que quando você nasceu tudo já estava pronto
Você só bagunçou mais...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados