Ouvir Música

Basta

Alexandry Peixotto

Já passei por tanta coisa
Que nem eu mesmo pude suportar
Fui sacrificado e escravizado
Por um povo que não soube amar
(Eu sei)
Mas que ser humano
Somos todos frutos de uma mesma criação
Não importa cor, religião
Só importa mesmo é o coração

Sua consciência negra se esbanja
Só num dia ou num momento só
Quero que tu leves este refrão
De corpo, alma, mente e de cor
(Quero dizer)

Somos da mesma raça
Numa nação sem graça
Somos todos iguais

Quero ter paciência
E ter a consciência
Quero um pouco de paz

Quero dar adeus ao preconceito
Quero viver mais com teu respeito
Apenas e nada mais

Pois eu quero mais que a igualdade
Quero meu lugar nessa cidade
Sou igual a você e Isso me satisfaz

Sua consciência negra se esbanja
Só num dia ou num momento só
Quero Que tu leves este refrão
De corpo, alma, mente e de cor
(Quero dizer)

Somos da mesma raça
Numa nação sem graça
Somos todos iguais

Quero ter paciência
E ter a consciência
Quero um pouco de paz

Quero dar adeus ao preconceito
Quero viver mais com teu respeito
Apenas e nada mais

Pois eu quero mais que a igualdade
Quero meu lugar nessa cidade
Sou igual a você e Isso me satisfaz

Negro que corre é ladrão
Negro que vive não tem coração
Negro que sofreu e não sente
(Não Sente)
Negro que não é considerado gente
Negro que lutou e já morreu
É um negro liberto que um dia já viveu
Negro que ninguém considerou
É um negro liberto que um dia já lutou

Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui

Negro que no seu dia é lembrado
Só é lembrado porquê nesse dia é feriado
Negro que tenta, que tentou e não conseguiu
Tentou e tentou mas não mudou nosso Brasil
(De preconceito aqui)

Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui
Basta! De preconceito aqui

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados