Bonecos de Pano

André Pupo

Quando a vida foi
Passos em vão
Bonecos de pano
Brinquedos no chão

Cortados no arame
Espalha amado o colchão
Só o desejo trai

Surfando contra
O que o vento te traz, mal
Paralelo as ondas
Que crescem e te faz, mal

Se secando depois
Que o sol nasceu
Preso na garganta
Onde o ralo excedeu

Cortados no arame
Espalha amado o colchão
Só o desejo trai

Surfando contra
O que o vento te traz, mal
Paralelo as ondas
Que crescem e te faz, mal
Surfando contra
O que o vento te traz, mal
Paralelo as ondas
Que crescem e te faz, mal
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados