Ouvir Música

Honra

Apocalipse 16

Ancestrais sangraram em território branco, açoites, correntes, troncos,
quem nós somos? De onde viemos? Para onde vamos?
Seus gemidos não nos comove, pare de chorara vê se se move,
o sonho de liberdade não se perdeu, muito sangue negro escorreu
e fez germinar a semente da esperança,
eu carrego vivo em mim a mudança.
Já não tenho sede de vingança, mas ela virá, pois Deus vingará,
eu sou a continuidade do antigo escravo,
porém graças aos rebeldes meus pulsos não estão algemados,
pela honra dos ancestrais é que eu guerreio, sou o orgulho do gueto,
sou o contemporâneo homem preto, com os mesmos defeitos,
porém com mais virtudes, sou a águia que alcança grandes altitudes,
vejo de cima todos os meus inimigos lá em baixo, largos, sujos,
morrerão pelo meu sucesso, não pelo meu fracasso.
Sei que ameaço, pois represento igualdade com a minha mente ou com o meu braço, dignifico o trabalho, cuspo para o ócio, não se deixe prejudicar,
cuide dos seus negócios, queime seu velho livro de história, pois ele mente,
homem negro, você tem glória?

Honra ou vergonha? Honra! Você tem honra ou vergonha? Honra, honra!

Eu me envergonho do negro que trafica droga em porta de escola,
repudio a ação do homem forte que pede esmola,
vergonha é ver seu semelhante se humilhar por grana,
como um macaco faz em troca de banana. Mais triste é pra mama África,
ver seus filhos desamparados a se degradar, atirando uns nos outros,
por compra de venda de entorpecentes, olho por olho, dente por dente,
mesmo que morra os inocentes e assim vira notícia a nossa gente,
somos presos sem correntes, demarcamos territórios, reduzimos contingentes,
belo exemplo pra quem vai chegar, herança maldita que tivemos que herdar.
Deputados, senadores, juizes sem caráter, desgraça aos filhos de uma nação, corrupção clara, venderam suas almas em troca de mansões caras,
descerão a mansão dos mortos, eu me envergonho desses porcos.

Honra ou vergonha? Vergonha! Você tem honra ou vergonha? Vergonha, vergonha!

Tanta coisa pra se envergonhar, pouca pra se orgulhar.
Mudar depende de quem me escuta, pra vencer tem que lutar,
torne sua vida vigorosa, não é querer muito menção honrosa.
Não se torne descartável, faça seu nome honorável, brasileiros,
negros, imigrantes, nordestinos, denominados latinos,
são orgulho do bem que nos fizemos, de tudo que construímos,
tenho honra de estar onde estou, será que assim como eu,
será que você já se perguntou, se envergonhou ou se honrou,
o combate é duro, mas vamos vencer.
Me diga no refrão agora o que pensam de você:

Honra ou vergonha? Honra! Você tem honra ou vergonha? Honra, honra!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados