Sonho de Vaqueiro

Armandinho e Os Rubis da Princesa

Oh! naná o sonho de todo vaqueiro
É se casar com a filha do fazendeiro
E o fazendeiro que preza sua boiada naná
Vaqueiro ruim nem chega perto da manada

Conduzimos do piauí pra bahia
A serviço de um fazendeiro de nome
Uma vacada com oitocentas cabeças
Meus camaradas eram dez comigo onze
Na poeira da estrada um aboio
Ecoava nos confins do meu sertão
Zé inácio liderava a vaqueirama
Justificando a fama de rei do gibão

Fui numa festa de vaqueiro na bahia
Em sento sé às margens do são francisco
Toda carreira eu botava o boi na faixa
Ganhei o primeiro prêmio com meu cavalo curisco
Naquele dia muita coisa aconteceu
Fui contemplado campeão da vaquejada
Ganhei os cumprimentos de todos vaqueiros
Depois o beijo da morena apaixonada

Quando o vaqueiro entra no mato fechado
Olha pro céu e pede a proteção divina
Derruba o boi amarra e leva pro curral
Missão cumprida põe as suas mão pra cima
Meu deus do céu proteja todos os vaqueiros
Na sua lida perigosa e arriscada
Todo vaqueiro traz no peito um coração
Apaixonado por mulher e vaquejada

Vaqueiro bom cabra da peste de verdade
Tem regalias na fazenda do patrão
Cavalo bom e dinheiro não é problema
Carro do ano e mulher é de montão
De manhã cedo ele sela o seu cavalo
Cuida do gado com prazer e com amor
Fim de semana vai correr nas vaquejadas
Vaqueiro bom cabra da peste sim sinhor
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados