Ouvir Música

Olhos Vermelhos

Atritos

Meus olhos avermelhou eu já cansei de chorar
Vida sofrida é o caralho
Hoje eu só quero é zoar

(Haha) e, sai da frente é melhor
Só telar o movimento
E agora é só zoação
Cansei de ver sofrimento

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo

Vida de maloqueiro, hoje, um dos primeiros
Considerado na quebra alegria do morro inteiro
Ii, escuta ai mané na madruga chove faisca
Iaê malandro ta de pé, pois fala mal, muitos falam
Sobe um degrau, gente escala, de olhos vermelho na rua
Sei que ninguém me segura, tou voando na madruga
É que nos frevo aqui ta massa, curtindo com os parceiro
É pra ta aqui meia noite valantines, gold laby
E é sem segunda opção, quero ser logo o primeiro
Pensamentos positivos, na minha quebra vou da um tiro
Pensar um pouco no passado, quem sabe encontre o culpado
Revira volta por cima, sigo mandando minha rima
De olhos vermelhos é, mas ja cansado de chorar
De olhos vermelho é, agora eu vou falar
Pra quem não acreditou, tela que eu tou passando
Dei uma volta no mundo, e deixei os comedia chorando

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo

Sou da quebrada mesmo, melo motorista e do tempo
Sofredor, mais ostentando, não me rendo ao sofrimento
Lembrei dos maverity dos tijolos vermelhos
Lembrei do meu barraco
E da fugueiro com os parceiro

Folgado, giro-flex, pivete sem destino
Muitos não olhava o sofrimento do menino
Não vou cantar ouro nem coisas do mundão
Eu vou cantar favela, que também tem curtição
Se hoje ta de nave, buscou de outra forma
Jogado na favela, pivete da califórnia
A liberdade da rua, fez a vida passar
Mano red cresceu, mas não parou de sonhar
Hoje ta nos frevo da vida um aprendiz
Curtindo na quebrada, mais um sofredor feliz

Meus olhos avermelhou eu já cansei de chorar
Vida sofrida é o caralho
Hoje eu só quero é zoar

(Haha) e, sai da frente é melhor
Só telar o movimento
E agora é só zoação
Cansei de ver sofrimento

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo

Mas hoje já tou de nave, dando rolê na city
De giro na quebrada, lembrei dos maverity
É lembrando o passado eu só vi sofrimento
Me vendo no futuro é nos frevo que eu to vivendo
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados