Ouvir Música

Felizes Dias Tristes

Aurélio e Seus Cometas

Eu não sou muito
Bem educado
Mas gosto de
Supermecado
Odeio quando
Eu to carente
E ela vai embora

É possível
Que eu não
Vá pro céu
Mas eu tenho
Estado
Com mel

Peguei três mulheres outro dia na mesma hora

Tenho saudades das minhas putas tristes
Saudades das minhas putas felizes
O meu gato preto ataca quem ele não conhece

Às vezes eu tomo calmante
Nem sempre sou um bom amante
Mas deixa disso,
Deixa que eu me arrumo e não me esquece
Eu não escovo tão bem os meus dentes
Não suporto tomar leite quente
Gosto muito de sexo, mas às vezes canso

Eu gosto muito de ler gibi
Gosto de ver filmes que eu já vi
E o meu gato preto às vezes
Briga com o meu ganso
Tenho saudades...

Eu faço versos como quem chora
De desalento, de desencanto
Fecha o meu livro, se? por agora
Não tens motivo nenhum de pranto.
Meu verso é sangue.
Volúpia ardente
Tristeza esparsa, remorso vão
Dói-me nas veias.
Amargo e quente
Cai, gota a gota, do coração.
E nestes versos de angústia rouca
Assim dos lábios a vida corre
Deixando um acre sabor na boca.
Eu faço versos como quem morre.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados