Só Os Covardes Merecem Perder

Banda 9mm

De vez enquando existe alguma coisa que até me revolta
É crocodilagem, também a pilantragem
Você aposta tudo e acredita de verdade
E o que recebe você já tá ligado ai
Apunhalado, odiado, jogado e julgado
Crueldade, mundão eu faço parte
Não quero ser mais um na fila imensa dos covardes
Que larga tudo, joga tudo pro alto
Não acredita, desanima, erra o alvo
Que é o sistema, o mesmo que te deixa
Na prodidão,desamparado, morto na sarjeta
O meu refúgio no rap eu encontrei
Não vou falar mentira teve dia que eu desanimei
Mais não cai,aprendi e permaneci ai
Estamos firmão, me atura que eu vou prossegui

Não tenho nada (pra te oferecer )
Não tenho uma mansão com empregados (pra me obedecer)
Não sou sol que clareia e anoitece, sou só
Sobrevivente de
Uma guerra que me entristesse
(2 vezes)

Se essa é a missão que deus me enviou nada é por acaso
Eu faço pelo amor o dom divino a cartilha pro menino
A mesma lição de vida que prossegue ao ifinito eu
Agradeço a todos que me criticou não tenho nenhuma
Bronca e guardo sem rancor tenho saudades das velhas
Amizades churrasco la na chacara e guardo bem
Todas as imagens rota do crime assim começa o filme com
Um roteiro bem montado e um ator que
Ue se define que rouba a cena de uma tal maneira
Podia tar aqui carregando essa bandeira um livramento
Um ato traissoeiro o homem obedece o que é escrito no seu testamento
Me livra disso substima minha sina meu alvo é o
Sistema que já tá pronto na mira
Valeu valinho seus filhos suas quebradas
Um salve pro irmãos que despreza a playboizada que na
Neuroze te deixa sem o seu carro vai filho da puta corre la liga pros
Ratos conheço isso eu sei o que é enquadro eu sei o que
Acontece se não for engravatado que porra é essa que ponto que chegamos
O motivo pelo qual estou aqui passando um pano
Crueldade mundão eu faço parte não quero se mais um na fila imensa dos
Covardes também não quero jamais esse duelo na mente as
Consequencias e na cinta carrego o ferro !

Não tenho nada (pra te oferecer )
Não tenho uma mansão com empregados (pra me obedecer)
Não sou sol que clareia e anoitece,
Sou só sobrevivente de uma guerra que me entristesse
(2 vezes)

Corre pivete se livra logo disso esconde no matinho no
Cantinho esse fininho que engraçado você acha bonito
Os boy pagando pau e as piranha se abrindo, é é o
Futuro que você que pra ti roubando sequestrando saindo fora de si diabo
Hey aplaude e da risada na esquina tem coral com a quadrada engatilhada
Preocupa o bote preocupa o arrebento sua mãe desesperada
Ve se acorda se anima e vai pra escola se for pela
Merendo tudo bem longe da rota cola na praça aproveita o tempo
Vago imagina amanhã deixar de lado o baseado caraioo saber
Chegar é tuodo o que te resta se puxar e não atirar amanhã
Tiro na testa não não seja otario ningeum tem não banca o
Anguinario ninguém tem 7 vidas estilo peito de aço posso dizer a
Carreira não foi boa o daniel tá enterrado por um motivo à toa roubou a
Cena ganhou trofeu imprensa a sorte não reinou acabou sua frieza me
Diz que exemplo ruim mas tenho que mostrar amanhã vai ser o seu
Corpo que vai estar nesse lugar, ainda quente o caso é
Urgente comunica a familia aciona o bracalente crueldade
Mundão eu faço parte não quero sr mais um na fila imensa dos
Covartdes quero morrer cutucar sua ferida o apelo já foi da do
De valor truta a vi da quero que tenha a chance que eu não tive
Colegial faculdade n escola do crime

Não tenho nada (pra te oferecer )
Não tenho uma mansão com empregados (pra me obedecer)
Não sou sol que clareia e anoitece,
Sou só sobrevivente de uma guerra que me entristesse
(2 vezes)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados