Ouvir Música

Ruas do Sol

Banda Caruá

Procuro vislumbrar a infinidade do universo
Através da suspensa temporário dos sentido
Quero então me perder na imensidão azul celeste
Ou se despedir de um amigo
Se os olhos pudessem fixar a imagem do sol

Correria para um poente de braços abertos
Acompanho o mundo a girar
Ao ser que se eleva
No rastro faminto
De uma longa reta
Folhas no caminho

Eu ando descalço sangraando na rua do sol
Com vidros e pedras rasgando meus pés sem doer
Mas é quando eu paro que eu vejo o final do anoitecer
Ilumina oser
Ao ser que se eleva
Um astro faminto
De uma longa
Folhas no caminho
Folhas no caminho
Folhas no caminho
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados