Na Porta do Inferno

Banda Taberna

Ardendo no calor da brasa
Não há semelhança com sua casa
O fogo cai todo momento desse céu
Corpos queimados são expostos como troféu

Daqui ninguém sai e nem entra vivo
A eternidade aqui será o seu castigo
A frente ele levanta e pede sua mão
Não o siga, aqui ninguém tem compaixão

Corra!!!
Mais rápido!!!
Grite!!!
Mais auto!!!
Ninguém aqui pode ouvir você

Depois da porta do inferno
Tudo é real
Os seus piores pesadelos
Não acabam mais!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados