Dias de 49

Bob Dylan

Eu sou o velho Tom Moore vindo da costa ociosa naqueles bons e velhos tempos dourados
Eles me chamam de vagabundo e bebum também, mas o que me importa os elogios?
Eu vagueio de cidade em cidade de modo errante
E todas as pessoas dizem: Lá vai Tom Moore, nos dias de '49 "
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando tirávamos o ouro, nos dias de '49

Meus camaradas, todos eles me amavam muito, uma equipe alegre e atrevida
Alguns caso problemáticos, vou me lembrar, embora todos tenham sido corajosos e verdadeiros
Qualquer que fosse o passo, eles nunca vacilariam, nunca se preocupariam ou reclamariam
Como bons tijolos antigos, eles aguentaram os pontapés nos dias de '49
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando tirávamos o ouro, nos dias de '49

Havia o Jake de Nova York, o menino açougueiro, ele andava sempre tenso
E toda vez que ele ficava de saco cheio, ele procurava briga
Mas Jake enfrentou uma faca nas mãos do velho Bob Stein
E em memória de Jake, eles fizeram um velório nos dias de 49
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando desenterramos o ouro, nos dias de '49

Havia Poker Bill, um dos meninos que sempre estava em um jogo
Quer ele perdesse ou ganhasse, para ele era sempre o mesmo
Ele iria apostar e tirar suas cartas e ele faria você ficar totalmente cegado
No jogo com a morte Bill perdeu o fôlego, nos dias de '49
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando desenterramos o ouro, nos dias de '49

Havia o Ragshag Bill de Buffalo, eu nunca esquecerei
Ele gritava o dia todo, e ele gritava à noite toda, e acho que ele ainda está gritando
Um dia ele caiu em um buraco, que se podia prever, de um modo estrondoso
E naquele buraco ele gritou por sua alma, nos dias de '49
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando tirávamos o ouro, nos dias de '49

De todos os camaradas que eu tive, não sobrou nenhum para se gabar
E eu sou deixado sozinho na minha miséria como um pobre fantasma errante
E eu passo de cidade em cidade, eles me chamam de andarilho
Lá vai Tom Moore, um vagabundo costeiro nos dias de 1949
Antigamente, nos dias de ouro
Quantas vezes eu lamento pelos dias de antigamente
Quando tirávamos o ouro, nos dias de '49
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados