Temores

Borthãnia

Como vou acreditar
Cruzar os braços e esperar
Se os desejos se perderam
E minha mente se fechou
Agora eu procuro me entregar

Acendo a vela que eu apaguei
As chamas provocam um calor tão profundo
Eu fecho as minhas mãos e esqueço a dor
Eu quero serrar os meus próprios punhos
Não tendo a chance de poder gritar
Calando os temores que existe em mim, em mim!

Ao calar descubro quem sou
Pra que desistir pra que se entregar
A vida é curta pra acabar
Não há como escapar das dores que vem
E cercam vocês em qualquer lugar, lugar...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados