Ouvir Música

O Grito do Boiadeiro

Brazão e Brazãozinho

O sertão irá balançar
Ao me ver chegar no pingo ligeiro
E lá no espigão bem distante
Vou dar meu grito de boiadeiro

Vou reviver meu passado de outrora
O chão goiano, sertão brasileiro
Eu quero ver de novo a boiada
E tocar berrante para os pantaneiros

Ô ô ô ô ô, oá
Esse é meu grito de boiadeiro
Vou reunir com meus companheiros
Do meu querido chão de Goiás

Ô ô ô ô ô, oá
Quanta saudade eu trago comigo
Eu vou rever meus velhos amigos
Daquele tempo que não volta mais

(Se eu vivo aqui na cidade
Não é por vaidade, não é ilusão
Foi o progresso que chegou de surpresa
Que me tirou das belezas do meu sertão

Se eu me deito na cama e não durmo
O cigarro que eu fumo é pra me acalmar
Eu me vejo tocando berrante
E a boiada contente a me acompanhar

Mas eu juro por Nossa Senhora
Que não vai ter demora, eu não vou esperar
Na primeira oportunidade
Matarei a saudade quando eu regressar)

Ô ô ô ô ô, oá
Esse é meu grito de boiadeiro
Vou reunir com meus companheiros
Do meu querido chão de Goiás

Ô ô ô ô ô, oá
Quanta saudade eu trago comigo
Eu vou rever meus velhos amigos
Daquele tempo que não volta mais
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados