Ouvir Música

17 de Maio

Caixa Preta

Uma fuga em paz longe do inimigo
Estou sozinho mais ainda estou vivo
Queria ser bem mais do que só um menino
Lamento mas nem sempre a guerra é fria

Não interrompe mais nenhum desastre
Ver você de frente enxergo a outra face
Meus olhos despiram todos seus disfarces
Lamentar jamais, agora a guerra é minha

Ser fiél ao que e a quem?
Se todos sempre fazem o que lhes convém
Vidraças partidas são vidas quebradas
país, filhos, herdeiros das mesmas batalhas
Somos soldados guerreando solitários
O medo e o egoismo é o que nos torna tão fracos
A justiça que aprendemos nas travessas e ruas
Fére a inocência e nos armam para esta luta

A pedra que bate no meu peito frio
Que me torna seco e um tanto sombrio
Quero uma vida em paz, um suor limpo
Sempre tudo faz vivermos tão sozinhos

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados